O Blog

Morro de frio. Mesmo. Aliás, nunca vi neve na vida. Patinar? Tentei uma vez, mas não consegui. Então por que diabos resolvi escrever sobre esportes de inverno em um país tropical?

Posso dizer que tudo começou lá atrás, em Porto Ferreira, pouco depois de 1988. Eu já era uma criança diferente. Adorava ler e ver esporte, mas não praticá-los. Devorava livros, revistas, jornais, imagens e áudios que falavam sobre futebol e, na sequência, esportes olímpicos. 

Com um perfil destes, claro que a criança cresceu e se tornou jornalista esportivo. O sonho de falar sobre esportes se fortaleceu em 2007, quando mudei-me para Bauru a fim de estudar na Unesp, e em 2009 comecei a trabalhar no Jornal Bom Dia. 

Adepto do Jornalismo Literário, que busca nos personagens comuns a história incomum, pouco a pouco fugi do perfil clássico buscado pela imprensa brasileira. Ao invés de retratar vencedores, queria conversar com aqueles que lutavam diariamente no anonimato e sem estrutura. São eles os verdadeiros heróis esportivos. 

Poderia falar de natação, atletismo, basquete, hóquei na grama, judô... um monte de coisa. Mas quer algo mais diferente do que esportes de inverno no país conhecido pela praia e pelo sol?

Retratar os poucos brasileiros que desafiam tudo e todos foi o desafio que fiz para o meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) em 2010. Conversei com 11 atletas, ex-atletas e dirigentes. Saiu o livro-reportagem Brasil Zero Grau, que me fez garantir o diploma de jornalista.

Mas a vontade não diminuiu. Queria saber mais e mais desse universo. Entrava em sites de notícias no Brasil... e nada. Os Jogos Olímpicos se aproximavam, eu via nossos atletas postarem árduas atividades nas redes sociais e nenhuma informação deles no nosso noticiário. 

Era preciso dá-las. Para matar a minha curiosidade e continuar o propósito que comecei em 2010, apostei no mundo virtual e montei o Blog Brasil Zero Grau em outubro de 2012. 

Ele cresceu, multiplicou-se, deu uma passadinha na Record News para comentar as Olimpíadas de Sochi, transformou-se e cumpriu com louvor o seu propósito: trazer tudo sobre os atletas que levam a bandeira brasileira para lugares nunca antes imaginados. Pois como disse lá em cima, são esses heróis anônimos que erguem o esporte nacional todos os dias.

Tecnologia do Blogger.