Seleção feminina vence mais uma e segue com chances no Curling

Alessandra Barros é uma das integrantes do time feminino de Curling (Divulgação/WCF)

A seleção feminina de Curling do Brasil segue fazendo história no Evento Classificatório ao Mundial da modalidade. Dois dias após conquistar a primeira vitória do país na disputa por equipes, a equipe voltou a vencer na competição na madrugada desse domingo, dia 19 de janeiro, e segue com chances de conquistar uma das duas vagas disponíveis. Os jogos estão acontecendo em Naseby, na Nova Zelândia. 

As mulheres brasileiras conseguiram derrotar a equipe de Hong Kong por 7 a 5 em um duelo bem equilibrado. Dessa forma, o Brasil ocupa a quarta posição da primeira fase com duas vitórias e duas derrotas. Apenas os três primeiros avançam à semifinal e disputam as duas cotas disponíveis ao Mundial feminino de Curling. 

Da mesma forma que no triunfo diante da Estônia, a seleção feminina contou com um desempenho excelente na segunda metade da partida para garantir o resultado. No final do quarto end, por exemplo, as mulheres de Hong Kong venciam por 4 a 2. Entretanto, a partir daí, as brasileiras conseguiram marcar um ponto em cada end até o oitavo, virando o placar para 6 a 4. No fim, soube administrar o placar e fechou o jogo com mais um ponto no último período. 

China e Finlândia estão invictas e lideram o Evento Classificatório Mundial feminino com quatro vitórias cada - os dois países estão praticamente garantidos na semifinal. A próxima fase é bem simples: os dois primeiros da primeira fase se enfrentam e, quem vencer, garante uma das vagas. Já o perdedor duela contra o terceiro colocado pela cota remanescente. 

Enquanto as mulheres brilham, a seleção masculina do Brasil segue lutando em busca de seu primeiro triunfo. O time fez dois jogos duríssimos na madrugada desse domingo e não conseguiu vencer. Até o momento, o país divide a última posição com a Austrália, que também não obteve nenhuma vitória até o momento. 

O primeiro jogo dos rapazes foi contra a Holanda, uma das favoritas à vaga. Os brasileiros tentaram equilibrar a partida, chegando a empatar em 2 a 2 no terceiro end. Contudo, os rivais aproveitaram para deslanchar no placar e garantiram o triunfo de 10 a 3. Depois, contra a Nova Zelândia, país-sede, a equipe não conseguiu encaixar sua estratégia no início, permitindo que os donos da casa abrissem 7 a 0 nos três primeiros ends. Dessa forma, administraram a vantagem e venceram por 9 a 3. 

Na noite deste domingo para segunda-feira, 21 de janeiro, o Brasil encara mais três partidas no Evento Classificatório Mundial de Curling. A seleção feminina faz dois jogos. O mais importante é o primeiro, que começou às 18h, contra a Hungria - se vencer, iguala a campanha adversária e empata na terceira posição. Depois, às 4h, encara a Nova Zelândia, que perdeu todos os jogos até aqui. Já os homens enfrentam a Inglaterra, líder do torneio masculino, às 23h. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.