Schulting e Sandor Liu vencem Europeu de Patinação Pista Curta

Suzanne Schulting conquista título europeu pela primeira vez (ISU)

Um húngaro e uma holandesa fizeram história na disputa do Campeonato Europeu de Patinação de Pista Curta nesta temporada. Suzanne Schulting, 21 anos, e Shaolin Sandor Liu, 23, conquistaram o título geral da competição. As provas foram realizadas em Dordrecht, na Holanda, nesse fim de semana, entre 11 e 13 de janeiro. 

É a primeira conquista continental dos dois atletas na carreira. Schulting, por exemplo, foi apenas a segunda holandesa a terminar na primeira posição geral do Campeonato Europeu - Jorien ter Mors foi a pioneira em 2014. Já Liu, vice-campeão em 2016 e 2017, garantiu o primeiro título da história para um atleta húngaro. 

A holandesa, campeã olímpica nos 1000 metros, venceu duas das quatro provas individuais no Europeu. Nos 1500 metros, ela conseguiu o tempo de 2min29seg181, à frente da britânica Elise Christie, prata, e da russa Sofia Prosvirnova, bronze. Depois, na Super Final dos 3000 metros, foi a mais rápida com 5min06seg350 - Hanne Desmet, da Bélgica, foi a segunda e Christie foi a terceira. 

Suzanne Schulting ainda comandou a equipe feminina da Holanda no título do revezamento 3000 metros. O país completou a prova em 4min09seg396. A Rússia conquistou a medalha de prata e a Hungria ficou com o bronze. 

Nas outras duas provas, a polonesa Natalia Maliszewska conquistou uma inédita medalha de ouro para seu país nos 500 metros com 42seg842 - Martina Valcepina, da Itália, foi a segunda e Lara van Ruijven, da Holanda, a terceira. Já nos 1000 metros, o título ficou com Sofia Prosvirnova, que completou o percurso em 1min29seg045. Tifany Marchand, da França, terminou na segunda colocação e Elise Christie completou o pódio. 

Dessa forma, Schulting terminou a classificação geral feminina do Campeonato Europeu de Patinação Pista Curta com 76 pontos, confirmando o título. Prosvirnova, com uma vitória, uma prata e um bronze, foi a vice-campeã com 57 pontos no total. Elise Christie completou o pódio. 

Na disputa masculina, Shaolin Sandor Liu venceu apenas uma prova individual: nos 1500 metros, ele alcançou o tempo de 2min13seg579, à frente de seu irmão Shaoang Liu, segundo, e Semen Elistratov, terceiro. Ele também comandou a Hungria no título do revezamento 5000 metros. O país venceu com 6min54seg18 - a Holanda ficou com a prata e a Rússia com o bronze. 

Contudo, o atleta húngaro contou com a regularidade: em duas das três provas restantes ele foi o segundo colocado. Nos 500 metros, ficou atrás apenas de seu irmão, Shaoang, vencedor com 41seg120. Pavel Sitnikov foi o terceiro. Nos 1000 metros, a vitória foi de Elistratov com 1min24seg624 e o também russo Denis Ayrapetyan completou o pódio. Por fim, na Super Final dos 3000 metros, o vencedor foi o italiano Yuri Confortola com 4min43seg014, com Vladislav Bykanov em segundo e Shaoang Liu em terceiro. 

Com este desempenho, Sandor Liu foi o campeão geral com 84 pontos e ainda liderou uma dobradinha especial para ele. Seu irmão ficou com o vice-campeonato ao acumular 71 pontos na somatória de todas as provas. Semen Elistratov foi o terceiro com 55 pontos no total. 

Esta foi a principal competição de elite da patinação de pista curta em janeiro - na próxima temporada, a ISU deve criar o Four Continents para atletas da Ásia e da América disputarem um torneio continental. Neste mês ainda acontece o Mundial Júnior da modalidade em Montreal, no Canadá, entre 25 e 27 de janeiro. A Copa do Mundo retorna apenas em fevereiro para as últimas duas etapas da temporada. 

Shaolin Sandor Liu é o primeiro atleta da Hungria a vencer o Europeu de Patinação Pista Curta (ISU)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.