Brasil faz história e vence a primeira partida por equipes no Curling

Anne Shibuya é a skip da equipe feminina do Brasil (Jeffrey Au/WCF) 

Exatamente 10 anos após iniciar sua trajetória no Curling, o Brasil finalmente conquistou sua primeira vitória internacional na disputa por equipes. O feito foi obtido pela equipe feminina na primeira rodada do Evento Classificatório Mundial na madrugada dessa sexta-feira, 18 de janeiro. A competição é realizada em Naseby, na Nova Zelândia.

As brasileiras conseguiram derrotar a Estônia por 10 a 6 em sua estreia na competição e começaram com o pé direito a busca por uma das duas vagas disponíveis ao Mundial feminino de Curling. Anne Shibuya, Luciana Barrella, Alessandra Barros e Debora Monteiro representam o país competição - a canadense Barbara Zbeetnoff é a técnica. 

A vitória, contudo, só foi possível graças a um desempenho praticamente perfeito nos últimos ends. O jogo, como era de se esperar, foi equilibrado. O Brasil fez 2 a 0 nos dois primeiros períodos, tomou a virada para 4 a 2, mas conseguiu empatar em 4 a 4 no quinto end antes do intervalo. 

O equilíbrio continuou até o sétimo end, quando o placar mostrava um empate em 6 a 6. Entretanto, a partir daí as brasileiras deslancharam: conseguiram um ponto no oitavo, dois pontos no nono e mais um no décimo, alcançando a inédita vitória contra a 12ª melhor equipe europeia da temporada (a Estônia foi vice-campeã da Divisão B da competição continental). 

Já na disputa masculina, a primeira vitória bateu na trave nessa madrugada. A equipe brasileira, com Marcelo Mello, Michael Krähenbühl, Scott McMullan e Sergio Vilela, enfrentou a Polônia, décima colocada no último Europeu, e perdeu por 10 a 9, com o jogo sendo decidido literalmente na última pedra do jogo. 

A partida foi equilibrada desde o início. Os poloneses chegaram a fazer quatro pontos no terceiro end, mas o Brasil conseguiu se recuperar e foi para o intervalo perdendo por 5 a 4 no quinto end. No oitavo, os adversários venciam por 9 a 6, mas novamente a equipe nacional buscou o placar e conseguiu empatar em 9 a 9 no penúltimo end. Contudo, com a posse do martelo, a Polônia aproveitou a vantagem e fechou o placar. 

Na noite de sexta para sábado, 19 de janeiro, acontece o segundo dia de disputa do Evento Classificatório Mundial. A equipe feminina faz dois jogos fundamentais para a sequência da competição: às 18h enfrenta a Finlândia e às 4h joga contra a Polônia. Os homens também terão um jogo duríssimo contra a Coreia do Sul às 23h. 

Um comentário:

  1. Fico muito feliz por elas, espero que o esporte evolua cada vez mais no Brasil!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.