'Novatos' e 'veteranas' dominam abertura do Snowboard Cross

Martin Noerl venceu sua primeira prova na carreira e é líder no Snowboard Cross (Miha Matavz/FIS)

Após uma semana de atraso graças ao cancelamento da etapa em Montafon, na Áustria, a Copa do Mundo de Snowboard Cross finalmente começou nesta temporada. A competição aconteceu em Cervinia, na Itália, 20 e 22 de dezembro, e contou com o domínio de velhos nomes na disputa feminina e de 'novatos' nas corridas masculinas.

Entre os homens, nomes como o francês Pierre Vaultier, bicampeão olímpico, os australianos Alex Pullin e Jarryd Hughes, o austríaco Alessandro Hämmerle e os espanhóis Lucas Eguibar e Regino Hernandez estiveram presentes, mas sequer subiram ao pódio. Coube a atletas que jamais venceram no circuito internacional da modalidade ocuparem o topo do pódio na etapa italiana.

O alemão Martin Noerl, 25, venceu a bateria decisiva da primeira prova e ficou à frente do experiente Omar Visintin, da Itália, e de Hanno Douschan, da Áustria. No dia seguinte, a vitória foi do italiano Emanuel Perathoner, com Jake Vedder, dos Estados Unidos, na segunda posição, e Noerl novamente no pódio com o bronze. 


Dessa forma, Martin Noerl assume a liderança masculina da Copa do Mundo de Snowboard Cross com 1600 pontos. Omar Visintin é o segundo com 1090, seguido de perto por Perathoner, com 1018.20. 

Já na disputa feminina, duas das atletas mais experientes do Snowboard Cross venceram as primeiras provas da temporada da Copa do Mundo da modalidade. A norte-americana Lindsey Jacobellis, pentacampeã mundial, e a tcheca Eva Samková, campeã olímpica em 2014 e bronze em PyeongChang, se revezaram no topo do pódio em Cervinia. 

Jacobellis venceu a primeira corrida ao vencer a bateria decisiva, deixando Samková na segunda posição e a britânica Charlotte Bankes em terceira. Na disputa seguinte, a atleta da República Tcheca deu o troco e foi a campeã, à frente justamente da rival norte-americana - a italiana Michela Moioli, campeã olímpica em 2018, completou o pódio.


Dessa forma, Lindsey Jacobellis e Eva Samková estão empatadas na liderança feminina da Copa do Mundo de Snowboard Cross com 1800 pontos. Charlotte Bankes é a terceira com 1000. 

Para o Brasil, essa temporada marca a primeira sem a participação de Isabel Clark. Principal rider sul-americana, ela dominou o continente e esteve presente na competição nas últimas duas décadas. Agora, há um vácuo que precisa ser preenchido pela CBDN - tanto que uma nova geração de atletas já começa a surgir para reposicionar o país no snowboard. 

A Copa do Mundo de Snowboard Cross terá uma temporada esvaziada nesta abertura do ciclo olímpico de Pequim-2022. Além do cancelamento da etapa de abertura, a competição terá apenas mais três etapas. A próxima disputa será em Feldberg, na Alemanha, entre 8 e 10 de fevereiro.

Lindsay Jacobellis conquistou a 30ª vitória na carreira (Miha Matavz/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.