'Novatas' vencem na abertura da temporada feminina de Esqui Saltos

Lidiia Iakovleva, 17 anos, ao centro, venceu a campeã olímpica em sua própria casa (Divulgação/FIS)

Nada de Sara Takanashi, Maren Lundby e Carina Vogt, três atletas que dominaram as principais competições femininas de Esqui Saltos nos últimos anos. A abertura desta temporada premiou atletas que ainda não tinham vencido na Copa do Mundo da modalidade. As provas aconteceram em Lillehammer, na Noruega , entre 29 de novembro e 2 de dezembro. 

Foram duas provas Normal Hill (HS 98) e uma Large Hill (HS 140). Foi nesta última, aliás, que uma das favoritas conseguiu vencer. A alemã Katharina Althaus, vice-campeã da Copa do Mundo e prata nos Jogos Olímpicos de 2018, venceu com 254 pontos. Sua compatriota Ramona Straub ficou na segunda posição com 242 pontos. A austríaca Daniela Iraschko-Stolz completou o pódio com 241.7.

Já nas disputas HS 98 aconteceram as duas surpresas do fim de semana. Na primeira, a alemã Juliane Seyfarth, 28 anos, conquistou a primeira vitória de sua carreira ao conseguir 258.8 pontos. Ela conseguiu ficar à frente da norueguesa e campeã olímpica Maren Lundby, segunda com 246.2, e da japonesa Sara Takanashi, tetracampeã da competição e terceira colocada com 240.2. 

Na segunda prova a vitória ficou com a adolescente russa Lidiia Iakovleva, 17, que alcançou 273.9 pontos e também obteve seu primeiro triunfo na competição. Lundby novamente foi a segunda colocada com 269 pontos e Ema Klinec, da Eslovênia, completou o pódio com 265.9.


"Foi uma boa competição e realmente me senti bem. Eu sou a vencedora e é minha primeira vitória em Copa do Mundo", afirmou uma surpresa Iakovleva. 

Com as três provas individuais realizadas em Lillehammer, Katharina Althaus assumiu a liderança da Copa do Mundo feminina de Esqui Saltos com 200 pontos em 300 possíveis. Juliane Seyfarth é a segunda colocada com 177 e Lidiia Iakovleva é a terceira com 172. 

Ryoyu Kobayashi dispara na liderança masculina

No mesmo período, os homens participaram da terceira etapa da Copa do Mundo em Nizhny Tagil, na Rússia. Foram duas provas HS 134 e o jovem japonês Ryoyu Kobayashi, 22 anos, segue imparável. Com uma vitória e um terceiro lugar, ele se consolida na liderança masculina da competição. 

Na primeira disputa, ele ficou com o bronze ao marcar 262 pontos. Ele ficou atrás apenas do norueguês Johann Forfang, vencedor com 264.4, e do polonês Piotr Zyla, segundo com 264.2. Depois, Kobayashi voltou a vencer ao obter 273.1 pontos nos dois saltos. Forfang levou a prata com 259.2 e Zyla completou o pódio com 258.9. 

Com quatro vitórias em cinco provas realizadas, Kobayashi é o líder isolado do ranking masculino com 420 pontos. Piotr Zyla é o segundo com 285 e o também polonês Kamil Stoch, campeão olímpico e atual campeão da competição, é o terceiro com 276. 

A próxima etapa da Copa do Mundo de Esqui Saltos aconteceria em Titisee-Neustadt, na Alemanha, entre 7 e 9 de dezembro, tanto para homens quanto para mulheres. Entretanto, a competição foi cancelada por conta das fortes chuvas dos últimos dias. Dessa forma, a disputa feminina segue para Premanon, na França, e a masculina para Engelberg, na Suíça. Os saltos irão acontecer entre 14 e 16 de dezembro. 

Ryoryu Kobayashi venceu mais uma prova e dispara na liderança (Divulgação/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.