Ester Ledecká começa com vitória no Snowboard Paralelo

Ester Ledecká já assumiu a liderança na disputa feminina (Miha Matavz/FIS)

A tcheca Ester Ledecká certamente foi um dos grandes nomes dos Jogos Olímpicos de PyeongChang ao ganhar a medalha de ouro tanto no esqui alpino quanto no snowboard paralelo. Com 23 anos, a atleta mostrou que continua em grande fase na abertura da temporada da modalidade considerada "normal" em sua carreira. 

Com uma prata e um ouro, Ledecká foi a destaque na Copa do Mundo de Snowboard Paralelo nesse fim de semana, entre 13 e 15 de dezembro. As duas primeiras provas, ambas de slalom gigante, aconteceram em Carezza e Cortina D'Ampezzo, ambas na Itália. O desempenho já a coloca na liderança do ranking feminino. 

Em Carezza, na primeira prova da temporada, a atleta ficou na segunda posição ao perder a bateria decisiva para a italiana Nadya Ochner, que conquistou sua primeira vitória da carreira na Copa do Mundo - a alemã Ramona Hofmeister, bronze em PyeongChang, terminou na terceira posição. Na sequência, em Cortina D'Ampezzo, ela foi a campeã ao derrotar a suíça Julie Zogg - a austríaca Sabine Schöffmann foi a terceira.


"Foi uma grande corrida hoje. O trajeto da pista foi bem preparado e penso que foi o mesmo para todos na noite. Hoje consegui ter boas corridas durante toda a competição e consegui conquistar a vitória", comentou a campeã. 

Com um ouro e uma prata, Ester Ledecká já assumiu a liderança feminina da Copa do Mundo de Snowboard Paralelo. Ela possui 1800 pontos, 400 de vantagem sobre Nadya Ochner - Julie Zogg é a terceira com 1160. 

Entre os homens, o esloveno Tim Mastnak venceu a primeira prova em Carezza ao derrotar o austríaco Benjamin Karl na última bateria - Sebastian Kislinger foi o terceiro. Por fim, em Cortina D'Ampezzo, o italiano Roland Fischnaller fez a festa da torcida local ao derrotar o suíço Nevin Galmarini, atual campeão olímpico, na decisão. Benjamin Karl fechou o pódio. 


"Eu não sei porque, mas sempre tenho bons momentos aqui. Foi muito divertido hoje, mesmo com as condições difíceis da neve. Também não consegui treinar direito por causa de problemas nas minhas costas, então foi realmente surpreendente", comentou o atleta da Itália.

Apesar disso, mesmo sem ter vencido uma prova, é Karl quem lidera a disputa masculina da Copa do Mundo de Snowboard Paralelo. Ele possui 1400 pontos, apenas 40 de vantagem sobre Fischnaller - Tim Mastnak é o terceiro com 1240. 

Essas foram as únicas provas da Copa do Mundo de Snowboard Paralelo em 2018. A competição retorna em janeiro de 2019 com provas entre 8 e 9 em Bad Gastein, na Áustria.

Roland Fischnaller venceu em casa (Miha Matavz/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.