Alemães dominam etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton

Alemanha dominou o pódio na Copa do Mundo em Winterberg (Viesturs Lacis/IBSF)

Os torcedores alemães presentes na pista de Bobsled e Skeleton em Winterberg nesse fim de semana não foram decepcionados. Competindo em casa, os atletas da Alemanha conquistaram nada menos do que 11 das 15 medalhas disponíveis, incluindo quatro dos cinco ouros em disputa. As provas aconteceram entre 14 e 16 de dezembro. 

O domínio foi impressionante. A única prova que não foi vencida por um atleta alemão foi no skeleton masculino. O russo Alexander Tretiakov, campeão olímpico em 2014, foi o mais rápido com 1min52seg07. Mesmo assim, Axel Jungk conquistou a prata, apenas 83 centésimos atrás. O sul-coreano Sungbin Yun, campeão em PyeongChang, foi o terceiro colocado. 

No skeleton feminino as alemãs já davam uma amostra do que aconteceria nos dias seguintes. Jacqueline Lölling venceu com 1min55seg16 e liderou a dobradinha caseira com Tina Hermann na segunda posição, apenas 67 centésimos atrás. A austríaca Janine Flock completou o pódio.


Houve outra dobradinha alemã no Bobsled feminino. A dupla Stephanie Schneider e Ann-Christin Strack venceu com 1min53seg57. Já Mariama Jamanka e Annika Drazek ficaram na segunda posição com 1min53seg64 - apenas um centésimo à frente das norte-americanas Elana Meyers Taylor e Lake Kwaza, terceiras colocadas. 

Por fim, na estreia do 4-man na temporada, os dois pódios foram dominados pela Alemanha. Na primeira corrida, a equipe comandada por Nico Walther venceu com 1min48seg61, seguido pelo time de Francesco Friedrich, segundo, e Johannes Lochner, terceiro. Na segunda prova, a vitória ficou com Friedrich ao obter o tempo combinado de 1min48seg57. O trenó de Lochner ficou com a prata e o de Nico Walther com o bronze.

(Aqui abro um parênteses: Elana Meyers Taylor competiu com um trenó formado por quatro mulheres na disputa em Winterberg. Ela terminou na 18ª posição nas duas provas, mas fez história ao ser a primeira atleta dos Estados Unidos a competir com uma equipe totalmente feminina no 4-man. Ela, inclusive, é uma das principais defensoras da criação do 4-women e sua inclusão nos Jogos Olímpicos)


Tal hegemonia já reflete no ranking da Copa do Mundo de Bobsled. No 4-man, a liderança é de Francesco Friedrich com 435 pontos, apenas 10 à frente de Nico Walther. O piloto também lidera a disputa do 2-man, que não teve provas em Winterberg, com 450 pontos. No feminino, Mariama Jamanka possui 435 pontos, contra 395 da russa Nadezhda Sergeeva. 

No Skeleton, os atletas alemães se aproximaram da primeira posição do ranking. Entre os homens, a liderança está dividida entre os russos Alexander Tretiakov e Nikita Tregubov, ambos com 417 pontos, mas com apenas 47 pontos de vantagem sobre Axel Jungk, quinto colocado! No feminino, a russa Elena Nikitina lidera com 417 pontos, mas Tina Hermann é a segunda com 410 e Jacqueline Lölling a terceira com 409. 

A Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton continua na Alemanha, mas retorna apenas no próximo ano. A terceira etapa da competição acontecerá entre os dias 4 e 6 de janeiro na pista de Altenberg.

Jacqueline Lölling comemora vitória em casa (Viesturs Lacis/IBSF)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.