Jovens russos dominam primeira etapa do Esqui Cross-Country

Alexander Bolshunov venceu as duas provas na abertura da temporada (Reprodução)

Nos Jogos Olímpicos de PyeongChang, a nova geração de atletas russos do esqui cross-country, permitida a competir após provar que estava livre de doping, surpreendeu e conquistou oito medalhas. Agora, na abertura da Copa do Mundo da modalidade desta temporada, ela quer provar que o desempenho na Coreia do Sul não foi obra do acaso. 

Prestes a completar 22 anos, Alexander Bolshunov, dono de quatro medalhas olímpicas, venceu as duas provas masculinas em Ruka, na Finlândia, no fim de semana de 24 e 25 de novembro. Já Yulia Belorukova, 23 anos e dois bronzes em PyeongChang, foi a campeã do sprint feminino. Ambos têm menos de três anos na elite do esqui cross-country.


Na neve finlandesa, Bolshunov venceu o sprint em técnica clássica ao derrotar o norueguês Johannes Klæbo, atual campeão geral da Copa do Mundo - Eirik Brandsdal, também da Noruega, foi o terceiro colocado. Depois, nos 15km clássico, ele completou o percurso 36min17seg8, 19 segundos à frente de Emil Iversen, da Noruega - Calle Halfvarsson, da Suécia, completou o pódio. 

"É apenas o início da temporada, mas seria bom se ninguém pudesse me parar", comentou Bolshunov após vencer as duas primeiras provas da temporada. 

Já Belorukova alcançou seu primeiro triunfo na competição e apenas o segundo pódio ao conquistar o ouro no sprint clássico. Ela ficou à frente das suecas Maja Dahlqvist, medalhista de prata, e Ida Ingemarsdotter, terceira. "É realmente uma grande emoção hoje", explicou. 


O desempenho russo ofuscou o retorno em grande estilo da norueguesa Therese Johaug. Suspensa das últimas duas temporadas por doping, a campeã geral de 2014 e 2016 venceu a prova de 10km estilo clássico com 28min02seg5. As suecas Charlotte Kalla e Ebba Andersson terminaram com a prata e bronze, respectivamente. 

A Copa do Mundo de Esqui Cross-Country embarca para Lillehammer, na Noruega, no próximo fim de semana, entre 30 de novembro e 2 de dezembro. A disputa envolve provas de sprint, distance e perseguição.

Yulia Belorukova venceu sua primeira prova na Copa do Mundo (Reprodução)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.