Mikaela Shiffrin vence mais uma e já abre vantagem no esqui alpino

Mikaela Shiffrin já tem uma corrida de vantagem sobre a segunda colocada (Agence Zoom)

A Copa do Mundo de Esqui Alpino nem começou e a norte-americana Mikaela Shiffrin, bicampeã geral da competição, já abriu vantagem na liderança da temporada. Competindo em casa, a atleta foi uma das destaques das provas de slalom e slalom gigante em Killington, nos Estados Unidos, entre 24 e 25 de novembro de 2018. 

Shiffrin foi a mais rápida na corrida de Slalom ao obter o tempo combinado de 1min43seg25. Ela ficou pouco mais de meio segundo à frente da eslovaca Petra Vlhova, segunda colocada e sua grande rival nesta categoria. A sueca Frida Hansdotter, campeã olímpica nesta disciplina, foi a terceira com 1min44seg33. 

No dia anterior, a atleta dos Estados Unidos foi a quarta na disputa do slalom gigante. A italiana Federica Brignone foi a vencedora com 1min51seg33. Ragnhild Mowinckel, prata em PyeongChang, foi a segunda colocada. Stepanhie Brunner, da Áustria, completou o pódio. 

Com esse desempenho, Mikaela Shiffrin já possui 310 pontos e ocupa a liderança tranquila na Copa do Mundo de Esqui Alpino feminino. A segunda posição é  de Petra Vlhova, com 196 - ou seja, mesmo que a atleta norte-americana passe em branco na próxima etapa, ela seguirá na primeira colocação isolada. 


Entre os homens a situação está mais equilibrada. O fim de semana marcou a estreia das provas de velocidade na competição, o que embolou ainda mais a disputa - apenas 50 pontos separam o líder do quinto colocado no ranking masculino. As corridas aconteceram em Lake Louise, no Canadá, também no último fim de semana, 24 e 25 de novembro.

No Downhill, o austríaco Max Franz quebrou um jejum de quase dois anos sem vitória ao marcar o tempo de 1min46seg, 28 centésimos à frente de Christoff Innerhofer, vice-campeão - o italiano Dominik Paris foi o terceiro. Depois, no Super G, Kjetil Jansrud, da Noruega, venceu com 1min33seg52 - Vincent Kriechmayr foi o segundo e Mauro Caviezal, terceiro.


Com as duas provas, Vincent Kriechmayr assume a liderança do ranking masculino com 130 pontos, apenas 10 a mais do que Kjetil Jansrud, vice-líder. Max Franz é o terceiro, com 118, e Marcel Hirscher, vencedor do slalom em Levi, é o quarto com 100 pontos. 

A Copa do Mundo de Esqui Alpino prossegue no próximo fim de semana com uma inversão entre os gêneros. Dessa vez, são as mulheres especialistas em provas de velocidade que estreiam na temporada em Lake Louise, no Canadá. Os homens, por sua vez, tem uma maratona de downhill, Super G e Slalom Gigante.

Kjetil Jansrud venceu o Super G em Lake Louise (Agence Zoom)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.