EUA vencem Brasil na abertura do America's Challenge de Curling

Marcelo Mello durante partida inaugural do America's Challenge (Reprodução)

Perder na estreia de um campeonato não é bom, mas a derrota da seleção brasileira de Curling diante da equipe norte-americana não chega a ser uma surpresa. Os dois países se enfrentaram na abertura do America's Challenge de Curling desta temporada. A competição, que neste ano também tem a presença de Guiana, vai até o domingo, dia 18, em Chaska, nos Estados Unidos. 

Representados pelo time de Rich Ruohonen, atual campeão norte-americano da modalidade, os Estados Unidos não encontraram dificuldades para vencer por 10 a 1 em sete ends disputados. Atual campeão olímpico com John Shuster, o país é o grande favorito ao título do torneio e, consequentemente, à vaga ao Mundial masculino. 

Os atletas conseguiram a posse do martelo logo no primeiro end e souberam administrar muito bem a partida. Foram cinco ends seguidos pontuando, abrindo 8 a 0 antes mesmo do intervalo da partida. No sexto end, os brasileiros conseguiram marcar um ponto, mas sofreram mais dois no sétimo período e resolveram encerrar o jogo do fim. 

Apesar do placar elástico, perder para os Estados Unidos no Curling está longe de ser um resultado inesperado ou ruim. Neste America's Challenge, o grande desafio dos brasileiros é derrotar os atletas de Guiana e terminar na segunda posição. Dessa forma, garante classificação à repescagem mundial que acontecerá em janeiro de 2019, na Nova Zelândia. 

Neste sábado, o torneio reserva mais três partidas. Guiana e Estados Unidos se enfrentam às 12h. Depois, às 17h, os guianeses jogam contra o Brasil e nossa seleção faz sua terceira partida, novamente contra os Estados Unidos, às 22h. Por fim, no domingo, norte-americanos e guianeses fazem o segundo jogo, às 11h, e acontece Guiana x Brasil às 16h.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.