Bruna Moura vence segunda etapa do Circuito de Rollerski

Bruna Moura liderando o pódio feminino no Circuito Brasileiro de Rollerski (Divulgação/CBDN)

Bruna Moura segue imbatível quando o assunto é o Circuito Brasileiro de Rollerski. Atual tetracampeã da competição e vencedora da primeira disputa desta temporada, a atleta dominou a segunda etapa e conquistou as três provas realizadas em São Carlos, no interior paulista, entre 27 e 29 de julho. 

A sequência vitoriosa de Bruna começou nos 5km clássico com 15min44seg30 e 264.27 pontos FIS - Gabriela Neres ficou com a prata e Taynara da Silva foi bronze. Depois, no Sprint livre, ela venceu a bateria decisiva, deixando Gabriela e Taynara novamente na segunda e terceira posições, respectivamente. Por fim, nos 5km em técnica livre, ouro após completar o percurso em 13min47seg80 e 264.27 pontos FIS - Gabriela repetiu a prata e Amanda Lima foi bronze. 

"Estou feliz com meu resultado. Eu sabia que seria prova bastante exigente, não só pelo calor, mas também porque faz pouco tempo que eu pude voltar a treinar normalmente. Desde então, tenho focado bastante na parte técnica para tentar recuperar de certa forma o tempo perdido", comentou Bruna Moura, que ficou parada por dois meses devido a uma lesão no joelho. 

Entre os homens, Victor Santos conseguiu duas medalhas de ouro. Primeiro ele venceu os 10km estilo clássico com 26min50seg10 e 156.98 pontos FIS - Lucas Lima foi o segundo e Rhaick Bomfim o terceiro. Depois, no Sprint livre, ele derrotou Rhaick, prata, e seu irmão Paulo Santos, bronze, na bateria decisiva. 

Por fim, na disputa dos 10km estilo livre, tanto Victor quanto Rhaick, favoritos ao ouro, não completaram a prova e abriram caminho para o triunfo de Lucas Lima, vencedor com 24min24seg20 e 198.07 pontos FIS - Yuri Rocha conquistou a medalha de prata e Leandro Lutz completou o pódio. 

Agora, os principais atletas brasileiros embarcam para a temporada de inverno na América do Sul. No total, serão cinco provas de esqui cross-country em setembro e mais duas disputas de Biatlo em agosto. O Circuito Brasileiro de Rollerski retorna em outubro para a disputa da terceira e penúltima etapa da temporada. 

Categoria Paralímpica

A segunda etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski também teve a estreia da categoria paralímpica nesta temporada, inclusive com as disputas inéditas de Standing feminino (deficiência nos membros superiores) e Visually Impaired masculino (deficiência visual). As provas aconteceram no sábado e domingo, 28 e 29 de julho.

No Sprint livre, Thiago Belizia venceu a categoria Visually Impaired com 2min24seg62, à frente de Isaquias Silva. No Standing feminino, vitória de Karina Becker com 3min39seg59, com Kathleen Moreira na segunda posição. Já no Sitting, Cristian Ribera venceu entre os homens ao derrotar Matheus Santos, segundo, e Guilherme Rocha, terceiro, na bateia decisiva. Aline Rocha, por sua vez, competiu sozinha entre as mulheres e conseguiu o tempo de 2min32seg0. 

Por fim, no Distance 4km em técnica livre, Thiago Belizia venceu novamente na categoria Visually Impaired com 13min37seg20, e Isaquias Silva terminou em segundo. No Standing feminino, Karina Becker competiu sozinha e conseguiu o tempo de 21min50seg70. No Sitting masculino, Cristian Ribera conquistou o ouro com 10min31seg12, com Guilherme Rocha em segundo e Wesley Santos em terceiro. Já Aline Rocha esteve sozinha na disputa feminina e completou o percurso em 13min19seg85. 

Categoria júnior

No Rollerski Cross, modalidade testada nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno, Claudio Gustavo Oliveira venceu o sub-16 masculino com 3min08seg26, à frente de Thiago Silva, segundo, e Guilherme Amancio, terceiro. Já no sub-20 feminino, vitória de Eduarda Ribera com 3min53seg87 - Taynara da Silva foi prata e Amanda Lima bronze. 

No sprint em técnica livre, Thiago Silva superou os rivais e venceu entre os homens, com Claudio Gustavo em segundo e Guilherme Amancio novamente em terceiro. Na disputa das mulheres, Eduarda Ribera conquistou mais um ouro ao derrotar Mayara Silva, prata, e Taynara da Silva, bronze, na bateria decisiva. 

Por fim, no último dia aconteceu o revezamento misto 2,5km entre os mais jovens. A equipe formada por Wilbert Rodrigues, Guilherme Oliveira e Eduarda Ribera foi a campeã com 17min50seg40, mais de trinta segundos à frente do trio Vitor Oliveira, Davi Padilha e Mayara Silva - Kauã Lum, Renan Barbosa e Mariana Silva conquistaram o bronze. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.