Washington Capitals conquista seu primeiro título da Stanley Cup

Jogadores do Washington Capitals com a Stanley Cup 

A espera acabou. Vinte anos após disputar, e perder, sua única final de NHL, o Washington Capitals conquistou o seu primeiro título da Stanley Cup. A franquia da capital norte-americana venceu o quinto jogo da série decisiva contra o Vegas Golden Knights na noite dessa quinta-feira, 7 de junho, e fechou o duelo em 4 a 1. 

Mesmo jogando fora de casa, o Caps não sentiu o peso da torcida adversária e conseguiu vencer por 4 a 3 no tempo regulamentar. Após perder o primeiro jogo por 6 a 4, emplacou quatro vitórias seguidas para confirmar o título. Curiosamente, foi o confronto mais "fácil" para a equipe nesta pós-temporada: na primeira rodada precisou de seis jogos para eliminar o Columbus Blue Jackets e, depois, fez sete jogos contra Pittsburgh Penguins e Tampa Bay Lightning. 

O último jogo, porém, não foi nada fácil. Jakub Vrana até abriu o placar para o Washington Capitals no segundo período. Nate Schmidt empatou e Alex Ovechkin, capitão da equipe, recolocou o time em vantagem. Contudo, David Perron e Reilly Smith deixaram a franquia de Las Vegas à frente do placar.

Mas no terceiro e último período, os atletas seguraram a empolgação dos adversários e, com gols de Devante Smith-Pelly e Lars Eller, garantiu não só o triunfo como também o título inédito para a capital norte-americana. É a primeira vez que a cidade de Washington comemora a conquista na principal liga de hóquei no gelo. 

"Anos de decepções, anos quebrando tudo e tentando novamente, quebrando tudo e tentando novamente... Este grupo nunca desistiu e finalmente conseguimos", comentou o goleiro Braden Holtby, um dos destaques da pós-temporada. 

O desabafo tem explicação. A conquista  rondava o Washington Capitals nas últimas temporadas. Não só pela impressionante marca de 28 participações nos playoffs nas últimas 35 edições da NHL (80% de presença). Mas sim porque está entre as melhores franquias da atualidade e chegou a conquistar o President's Trophy como melhor time da temporada regular em 2016 e 2017.

Também é a coroação para jogadores que formaram a espinha dorsal da equipe nos últimos anos e acompanhou todos os anos de frustração. O sueco Nicklas Backstrom, o norte-americano John Carlson, o canadense Braden Holtby e, principalmente, os russos Evgeny Kuznetsov e Alex Ovechkin - este último escolhido como pick #1 do Draft de 2004 e que sempre fez sua carreira em Washington. 

Quanto ao Golden Knights, o vice-campeonato da Stanley Cup também deve ser comemorado. Essa foi apenas a primeira temporada da franquia, que formou um grupo de jogadores a partir do Draft de Expansão. Mesmo assim, conseguiu montar um time eficiente, entrosado e forte nos principais fundamentos. Certamente brigará por títulos nos próximos anos. 

Com o encerramento da NHL, acaba também a temporada 2017/2018 para o hóquei no gelo. Agora, os principais atletas entram em férias e as franquias iniciam o planejamento para a próxima competição. Os jogos retornam apenas em setembro, com a preseason, mas em agosto começará a disputa da KHL, na Rússia. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.