República Tcheca encaminha vaga no Mundial de Hóquei no Gelo

República Tcheca atropelou a França e assegura vaga às quartas de final do Mundial (Reprodução)

Após três vitórias no overtime, a República Tcheca conseguiu engatar duas vitórias seguidas no tempo regulamentar e, com o auxílio de uma combinação de resultados, já encaminhou a vaga às quartas de final do Mundial de Hóquei no Gelo, na Dinamarca. O último triunfo aconteceu nesse domingo, 13 de maio, diante da França. 

Aliás, não foi uma simples vitória, mas uma goleada de 6 a 0 para não deixar dúvidas sobre a capacidade da equipe na competição. David Pastrnak e Roman Horak, com dois gols cada, comandaram a seleção tcheca. Dmitrij Jaskin e Martin Necas completaram o placar. 

Dessa forma, a República Tcheca assumiu o terceiro lugar do Grupo A com 12 pontos, três a mais do que a Suíça e com apenas uma rodada para os dois países. Por mais que a Eslováquia tenha oito pontos em cinco jogos (podendo chegar a 14), os tchecos levam vantagem sobre os suíços no saldo de gols e, mais importante, no confronto direto - o suficiente para ficar entre os quatro primeiros.

A Suíça poderia ter encaminhado a vaga nesse domingo, mas não conseguiu fazer frente à Suécia. O pequeno país europeu bem que tentou, mas perdeu de 5 a 3. John Klingberg, Patric Hornqvist e Mikael Backlund fizeram 3 a 0 para os suecos, mas Ramon Untersander e Raphael Diaz descontaram para os suíços. Entretanto, Adam Larsson e Magnus Paajarvi fizeram 5 a 2 e Dean Kukkan apenas descontou no fim. 

Com o resultado, a Suécia tem 17 pontos e se consolida na primeira posição do Grupo A. O resultado também garantiu de forma oficial a classificação da Rússia, vice-líder da chave que possui 13 pontos em cinco partidas. Dessa forma, Suíça e Eslováquia duelam pela última vaga, com boa vantagem dos eslovacos por terem mais duas partidas nesta primeira fase. 


No Grupo B, a Finlândia foi surpreendida pela Alemanha e perdeu por 3 a 2 no overtime. Eeli Tolvanen abriu o placar para a seleção finlandesa, mas os alemães Frederik Tiffels e Bjorn Krupp viraram o placar. Sebastian Aho até evitou a derrota no tempo regulamentar com um gol a menos de três minutos para o fim, mas Markus Eisenchmid fez o gol da vitória aos atuais vice-campeões olímpicos. 

A derrota na prorrogação garantiu um ponto para a Finlândia, o suficiente para classificar o país escandinavo às quartas de final do Mundial de Hóquei no Gelo. Com 13 pontos, a equipe ocupa a vice-liderança do Grupo B, mas os confrontos diretos entre Letônia, Canadá e Dinamarca impedem que essas três seleções a ultrapassem. 

Na outra partida da chave, os Estados Unidos golearam a Noruega por 9 a 3 e chegaram aos 16 pontos, praticamente assegurando a primeira posição do grupo. Patrick Kane fez dois gols, enquanto que Charlie McAvoy, Dylan Larkin, Alec Martinez, Anders Lee, Cam Atkinson, Colin White e Neal Pionk asseguraram o placar elástico. Kristian Forsberg, Ken Andre Olimb e Mathis Olimb descontaram para os noruegueses. 

Com os dois gols, Patrick Kane, capitão norte-americano, assumiu a liderança no ranking individual com 15 pontos. Ele também é o líder das assistências com 10 passes para gol. Já Cam Atkinson, também dos Estados Unidos, e Sebastian Aho, da Finlândia, dividem a artilharia com seis gols cada. Já o finlandês Harri Sateri segue com a melhor marca entre os goleiros. 

Nesta segunda-feira, dia 14, começa o penúltimo dia da primeira fase do Mundial de Hóquei no Gelo com quatro partidas. Às 11h15 (horário de Brasília) jogam Rússia x Eslováquia no Grupo A e Coreia do Sul e Noruega pelo Grupo B (os sul-coreanos precisam da vitória para escapar do rebaixamento). Depois, às 15h15, têm República Tcheca x Áustria no A e Canadá x Letônia no B. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.