Com novas regras, CBDG divulga critérios de convocação no Curling

Aline Gonçalves durante o Mundial de Duplas Mistas de 2018 (Richard Gray/WCF)

A WCF (Federação Mundial de Curling) reformulou o sistema de classificação do Mundial por equipes da modalidade e democratizou um pouco mais o acesso para países emergentes, como o Brasil. Dessa forma, a CBDG divulgou nesse sábado, 6 de maio, os novos critérios de convocação da seleção brasileira de curling para as principais competições da temporada 2018/2019.

A maior novidade é a alteração nas datas dos principais torneios que os atletas disputam. A criação de uma repescagem para o Mundial por equipes de 2019, previsto para acontecer em dezembro, fez com que o America's Challenge, desafio continental contra o Canadá ou Estados Unidos, fosse agendado para novembro de 2018 ao invés de janeiro do próximo ano (é uma exigência da WCF que a repescagem regional acontecesse antes).

Isso implica também em uma mudança no Campeonato Brasileiro de Curling Duplas Mistas. A competição, que nas três edições anteriores aconteceu em novembro, passou para fevereiro de 2019, dois meses antes do Mundial da categoria. O local será definido pela CBDG posteriormente. 

Com novas datas, a confederação decidiu testar um novo modelo de convocação para cada uma das categorias, permitindo que os atletas filiados inscrevessem projetos para o e-mail curling@cbdg.org.br. O documento completo pode ser acessado aqui. Confira um resumo das novas regras: 

Mundial Misto: os atletas interessados em participar da competição em Kelowna, no Canadá, devem formar uma equipe com dois homens e duas mulheres e preencher a inscrição detalhando o planejamento para o torneio. Se apenas uma equipe for inscrita, ela automaticamente representará o Brasil. Duas ou mais equipes irão se enfrentar em um torneio em Vancouver, no Canadá, entre 17 e 21 de setembro. Detalhe importante: a CBDG não vai ajudar com os custos da participação no Mundial Misto. 

America's Challenge e Repescagem Mundial: atletas interessados em representar o Brasil nas competições por equipe (masculina e feminina) devem formar e inscrever um time com quatro competidores, detalhando o planejamento e preparação para os torneios. No caso de duas ou mais equipes inscritas, as mulheres jogarão entre si em Vancouver, no Canadá, entre 17 e 21 de setembro. Já os homens jogam em Toronto ou Montreal entre 15 e 16 de setembro. A equipe escolhida receberá uma bolsa de apoio da CBDG e representará o país tanto no desafio continental quanto na repescagem mundial. 

Mundial de Duplas Mistas: nessa categoria houve pouca mudança. O representante do país na competição será a dupla campeã do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2019. Contudo, a inscrição no campeonato só será aceita se a dupla enviar um documento que detalha o planejamento e preparação dos atletas até o Mundial. O local do torneio nacional ainda não foi definido. Toronto, sede do ano passado, Lake Placid, nos Estados Unidos, e até mesmo São Paulo, cidade escolhida para receber um projeto de construção de pista de curling, são potenciais sedes. A dupla escolhida ganhará uma bolsa da CBDG e competirá pelo país no Mundial de Duplas Mistas de 2019. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.