Duas vagas agitam último dia da primeira fase do Mundial de Hóquei

Eslováquia (branco) precisa vencer e torcer por uma derrota da Suíça para garantir classificação (Reprodução)

O "Big Six" confirmou o favoritismo e garantiu a classificação antecipada às quartas de final do Mundial masculino de Hóquei no Gelo desta temporada, realizado na Dinamarca. Agora, faltam as últimas duas vagas à segunda fase da competição. A rodada de encerramento da primeira fase acontece nesta terça-feira, 15 de maio. 

No Grupo A, Suíça e Eslováquia lutam pela quarta posição. Os suíços têm nove pontos, apenas um a mais do que os eslovacos. O país do Leste Europeu perdeu para a Rússia por 4 a 0 nessa segunda-feira, dia 14, e perdeu a chance de entrar na zona de classificação. Maxim Mamin, Nikita Gusev, Maxim Shalunov e Ilya Mikheyev fizeram os gols russos. 

A terceira posição da chave foi assegurada pela República Tcheca, que venceu a Áustria por 4 a 3 em sua última partida da primeira fase. Thomas Hyka, duas vezes, Dominik Kubalik e Filip Chytil fizeram os gols tchecos, enquanto que Michael Raffl, com dois gols no fim do jogo, e Konstantin Komarek descontaram para os austríacos.

Nesta terça-feira, às 7h15 (horário de Brasília), a Suíça enfrenta a França, sexta colocada e já eliminada. Uma vitória simples garante a classificação dos suíços. Caso contrário, terão que torcer por um milagre da seleção de Belarus, última colocada do Grupo A com nenhum ponto ganho, já rebaixada à Divisão 1 em 2019 e que desafiará a Eslováquia às 11h15. Por fim, às 15h15, a Suécia joga contra a Rússia - quem vencer assegura a liderança da chave. 


No Grupo B, a definição do último classificado acontecerá em um confronto direto. A Dinamarca, sede do Mundial, duela contra a Letônia para determinar quem fica com a quarta vaga. Os letões bem que se esforçaram e levaram a partida para o overtime, mas perderam do Canadá por 2 a 1 nessa segunda-feira. Anthony Beauvillier e Connor McDavid (na prorrogação) fizeram os gols canadenses e Kristians Rubins descontou.

Dessa forma, os dinamarqueses seguem na quarta posição com 11 pontos, um a mais do que o país báltico. Os canadenses ocupam a terceira posição com 12, mas já estavam assegurados por conta dos confrontos diretos. Na outra partida da chave nessa segunda-feira, 14, a Noruega decretou o rebaixamento da Coreia do Sul ao vencer por 3 a 0. Tobias Lindstrom, Thomas Valkae Olsen e Jonas Holos fizeram os gols noruegueses. 

A partida decisiva entre Dinamarca e Letônia acontecerá às 15h15 desta terça. Antes, às 7h15, Estados Unidos e Finlândia se enfrentam pela liderança da chave - os norte-americanos têm três pontos de vantagem e bastam levar a partida ao overtime para assegurar a primeira posição. Depois, às 11h15, o Canadá pega a Alemanha. 

Mesmo sem jogar, Patrick Kane, capitão dos Estados Unidos, segue como líder nas estatísticas individuais, com 15 pontos, e nas assistências, com dez passes para gol. O finlandês Sebastian Aho e o norte-americano Cam Atkinson são os artilheiros com seis gols cada. Harri Sateri, também da Finlândia, é o goleiro com maior percentual de defesas. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.