Equipe finlandesa conquista o Mundial de Patinação Sincronizada

Time Marigold Ice Unity conquista o Mundial após quatro anos (Reprodução)

Uma das equipes mais tradicionais e conhecidas da patinação sincronizada voltou a conquistar o título mundial da modalidade após quatro anos. O Time Marigold Ice Unity, da Finlândia, foi o campeão desta temporada. A competição foi realizada no último fim de semana, 6 e 7 de abril, em Estocolmo, na Suécia.

As finlandesas conseguiram 209.02 pontos na somatória das duas apresentações. O Time Surprise, da Suécia, voltou ao pódio após seis temporadas e conquistou a prata com 207.99 pontos. Já as russas do Time Paradise, bicampeãs em 2016 e 2017, ficaram com o bronze desta vez ao marcarem 200.97 pontos no total. 

"Nós queremos agradecer ao povo sueco que fez essa competição ser incrível. Nós nunca patinamos diante de um público tão fantástico. Patinamos de forma calma, foi maravilhoso", comentou Camilla Sundgren, capitã da equipe finlandesa. 

Esse é o quinto título mundial do Marigold Ice Unity. O time venceu também em 2002, 2004, 2006 e 2014. Além disso, é a nona medalha de ouro da Finlândia, campeã com as Rockettes em 2008, 2010 e 2011 e com o Time Unique em 2013. A Suécia é o segundo maior vencedor com seis títulos, todos com o Time Surprise (2000, 2001, 2003, 2005, 2007 e 2012). 

Entretanto, as finlandesas tiveram que se superar para voltarem ao lugar mais alto do pódio. No programa curto, elas ficaram na terceira colocação, atrás do Time Paradise, líder, e do Surprise, segundo. Já no programa longo elas conseguiram a primeira posição, o suficiente para ultrapassar os dois rivais. 

Neste ano, 25 conjuntos de 20 países participaram do Mundial de Patinação Sincronizada. Apenas o time japonês Jingu Ice Messengers e o australiano Unity não fazem parte do circuito Europa-América do Norte. O time do México, presente nos Mundiais de 2015 e 2016 e único representante latino-americano, não competiu pela segunda temporada consecutiva.


O que é a patinação sincronizada

Essa foi a 19ª edição do Mundial de Patinação Sincronizada. A modalidade surgiu na década de 1950 graças aos esforços de Richard Porter para entreter os torcedores do time de hóquei no gelo da Universidade de Michigan. A partir dos anos 1970 o interesse pelo esporte cresceu e encontrou sua plenitude a partir de 2000, com a criação do Mundial e, posteriormente, do Mundial Júnior. 

Regulamentada pela ISU, a patinação sincronizada tem a mesma avaliação das categorias olímpicas da patinação artística. A única diferença é que o trabalho em equipe constitui pontos importantes nas análises dos juízes - afinal, na categoria senior, são 20 mulheres no rink executando manobras ao mesmo tempo.

Apesar do crescimento notável neste século e dos esforços institucionais por parte da ISU, a modalidade ainda luta para entrar no programa dos Jogos Olímpicos. Um dos entraves para isso é a ausência da patinação sincronizada em outros países. A Finlândia e a Suécia são os maiores expoentes e, juntas, conquistaram 15 dos 19 títulos mundiais já disputados. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.