Dupla do Brasil vence mais uma e segue vivo no Mundial de Curling

Marcio Cerquinho durante a partida contra a Áustria (WCF/Richard Gray)

O Brasil segue fazendo sua parte e continua na luta pela inédita vaga à segunda fase no Mundial de Curling Duplas Mistas desta temporada. Aline Gonçalves e Marcio Cerquinho venceram a Áustria na manhã dessa segunda-feira, 23 de abril, e alcançaram a segunda vitória na competição realizada em Östersund, na Suécia. 

Com o triunfo, os brasileiros ultrapassam a Alemanha e se consolidam na quarta posição do Grupo E, com duas vitórias e duas derrotas (para Canadá e República Tcheca). Aliás, os canadenses e tchecos (quatro jogos) e sul-coreanos (três rodadas) seguem invictos até o momento. Os três melhores avançam às oitavas de final. 

Após jogar de igual para igual contra o Canadá no domingo, a dupla do Brasil teve outra disputa equilibrada diante dos austríacos. Aline e Marcio até começaram bem, fazendo 3 a 0 nos dois primeiros ends, mas o país europeu reagiu e empatou no intervalo. Depois, os times trocaram pontos até o último end, quando os brasileiros fizeram três pontos e garantiram a vitória por 8 a 5. 

O triunfo foi importantíssimo porque mantém o Brasil em boas condições na luta pela classificação. Ainda que três times continuam invictos, eles ainda se enfrentarão nas próximas rodadas da primeira fase. Dessa forma, se os brasileiros vencerem os três jogos restantes, dificilmente não ficarão entre os três primeiros do seu grupo. 

A próxima partida, aliás, é uma verdadeira final. Aline e Marcio enfrentam a Coreia do Sul às 3h (horário de Brasília) e uma vitória não só tira a invencibilidade do rival, como coloca o país em boas condições para os últimos dois dias da etapa inicial. A missão, porém, não será fácil: os sul-coreanos ficaram entre os oito no Mundial de 2017 e terminaram na sexta posição nos Jogos Olímpicos de PyeongChang. 

Favoritos e surpresas seguem invictos

Além dos times no grupo do Brasil, mais seis países seguem invictos no Mundial de Curling Duplas Mistas 2018. No Grupo A, por exemplo, a Suíça, dona de seis títulos em dez edições, divide a liderança com os Estados Unidos. Ambos venceram três jogos até o momento e encaminharam a vaga à segunda fase. 

No Grupo B, três seleções ainda não perderam. A Hungria, campeã em 2013 e 2015, a Noruega e a surpreendente Turquia também venceram os três jogos. Por fim, no Grupo C, a Estônia também venceu as quatro partidas e encaminhou sua classificação. Já no Grupo D a liderança é dividida entre China, Espanha, Suécia e Escócia. Cada país tem três triunfos e uma derrota até o momento. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.