Pistas de Street Curling viajam o Brasil para promover o esporte

Criançada no Sesc Birigui nessa semana: conhecendo o Curling (Divulgação)

Principal iniciativa da CBDG para promover o Curling no Brasil, as pistas de Street Curling estão cumprindo os seus objetivos no país. Cada vez mais consolidada, a estrutura já começa a viajar pelo país e permite aos torcedores brasileiros que conheçam um pouco mais sobre um dos esportes mais populares dos Jogos Olímpicos de Inverno. 

A última parada aconteceu no SESC Birigui, no interior de São Paulo, ao longo dessa semana. As duas pistas receberam vários adultos e crianças entre 20 e 24 de março. Em especial, alunos da APAE da cidade, que visitaram a unidade do SESC na quarta-feira, dia 21, e puderam conhecer e se divertir com o curling. 


Fora de uso, a pista fica em São Paulo, mas ela é itinerante e pode ir a todos os lugares do Brasil. Na capital paulista, por exemplo, ela já esteve presente na Adventure Sports Fair, na loja Decathlon, no clube Alto dos Pinheiros e na unidade do SESC 24 de Maio. A estrutura já foi também para São José dos Campos, no Vale do Paraíba, e para a cidade do Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos em parceria com o Sportv. São José do Rio Preto (SP) e Cuiabá (MT) são os próximos destinos. 

O Street Curling é um modelo desenvolvido pela empresa canadense Rock Solid Productions, liderada por Chad McMullan (irmão de Scott, da seleção brasileira de curling). As pistas são de plástico e as "pedras", também feitas com material sintético, possuem rodinhas para deslizar. A companhia é parceira oficial da WCF (Federação Mundial de Curling), estimulando o desenvolvimento do esporte em regiões que não possuem rinks de gelo. 

No caso brasileiro, a CBDG iniciou o trabalho com o Street Curling em 2016. O objetivo principal é oferecer aos torcedores uma vivência e uma visão do que é o esporte.A estrutura, porém, ajuda pouco no desenvolvimento competitivo por não reproduzir o trabalho das vassouras e as próprias "pedras" não simularem todos os movimentos das originais.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.