Em 'casa', noruegueses vencem provas de Esqui Saltos no Holmenkollen

Norueguês Daniel Tande vence primeira prova em casa (Divulgação/FIS)

Tradicional festival de esqui nórdico realizado anualmente na Noruega desde 1892, o Holmenkollen consagrou dois atletas "da casa" na disputa do Esqui Saltos desta temporada. Daniel Tande, no masculino, e Maren Lundby, entre as mulheres, venceram as provas realizadas nesse domingo, 11 de março. 

Campeão olímpico na prova por equipe, Daniel Andre Tande conseguiu 258.1 pontos em seus dois saltos na montanha HS 134 para conquistar sua primeira vitória em casa. O austríaco Stefan Kraft, atual campeão mundial e da Copa do Mundo de Esqui Saltos, foi o segundo e o austríaco Michael Hayboeck completou o pódio. 

"É incrível. Eu não esperava vencer. Eu não consegui saltar bem em Lahti [prova anterior] e meus treinos na sexta-feira não foram bons. Eu espero continuar evoluindo e lutar por pódios também em Lillehammer, Trondheim e Vikersund", comentou Tande. 

As provas são integrantes da Copa do Mundo de Esqui Saltos, mas também da disputa do Raw Air, competição criada na temporada passada e que reúne as dez provas realizadas em sequência na Noruega. A disputa conta todos os saltos, incluindo na disputa em equipe e na classificatória para a Copa do Mundo. O polonês Kamil Stoch é o líder deste torneio com 681.8 pontos, contra 675.3 do norueguês Robert Johansson. 

O atleta da Polônia também segue firme na liderança da Copa do Mundo. Com cinco provas para o fim da temporada, ele possui 1003 pontos e tem 135 pontos de vantagem sobre o alemão Richard Freitag, vice-líder. Daniel Tande é o terceiro com 823 pontos e segue na luta pelo título da temporada. 

A Noruega também levou a melhor na disputa por equipes, garantindo a festa da torcida presente na arquibancada. A equipe norueguesa obteve 1098.7 pontos na somatória dos quatro saltos e ficou à frente da Polônia, segunda colocada, e da Áustria, terceira. 

Após a disputa no Holmenkollen, os atletas não tem descanso. Nesta segunda-feira, dia 11, começa a classificatória da prova HS 140 em Lillehammer, com a rodada final na terça, dia 12. Depois, no dia 14, acontece a disputa em Trondheim e, por fim, nos dias 17 e 18, em Vikersund. Depois do tour pela Noruega, a última etapa da Copa do Mundo acontecerá em Planica, na Eslovênia, entre 22 e 25 de março.


Maren Lundby fecha temporada 'perfeita' na disputa feminina

Campeã da Copa do Mundo, dos Jogos Olímpicos e vencedora do Holmenkollen em uma mesma temporada. A norueguesa Maren Lundby pode se orgulhar de ter conquistado os três principais torneios do esqui saltos feminino neste ano. O último triunfo foi no Festival Holmenkollen, na montanha HS 134, nesse domingo, dia 11. 

Lundby obteve 262.7 pontos em seus dois saltos, mais de trinta de vantagem sobre a austríaca Daniela Iraschko-Stolz, segunda colocada - a japonesa Yuki Ito foi a terceira. Foi o nono triunfo da norueguesa na temporada e o segundo dela em seu país-natal - ela venceu uma prova em Lillehammer em dezembro de 2017. 

"Estou feliz com meus saltos, especialmente o primeiro que foi muito bom. É uma grande honra ter tanto a família real quanto o primeiro ministro torcendo por nós. Ainda tem mais duas competições nesta temporada e quero continuar saltando neste nível", comentou a vencedora. 

Com a vitória, a atleta da Noruega amplia ainda mais a sua vantagem na liderança da Copa do Mundo de Esqui Saltos. Agora ela tem 1220 pontos, contra 860 de Katharina Althaus. Ela já tinha conquistado o título da temporada na etapa anterior, em Rasnov, na Romênia. As últimas duas provas femininas acontecem em Oberstdorf, na Alemanha, entre 24 e 25 de março. 

Maren Lundby vence Holmenkollen e fecha temporada 'perfeita' (Divulgação/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.