Kamil Stoch conquista título da Copa do Mundo de Esqui Saltos

Kamil Stoch comemora segundo Globo de cristal da carreira (Divulgação/FIS)

Após quatro anos, o polonês Kamil Stoch voltou a conquistar o título da Copa do Mundo de Esqui Saltos. Mesmo sem vencer a prova individual em Vikersund, na Noruega, o atleta conseguiu abrir uma vantagem suficiente para garantir o Globo de Cristal desta temporada. Restam apenas duas provas para o fim da competição.

Na montanha HS 240 de Vikersund, Stoch foi apenas o sexto colocado e viu os noruegueses, especialistas em Ski Flying, dominarem o pódio. Robert Johansson, dono de um ouro e dois bronzes nos Jogos Olímpicos de PyeongChang, venceu com 444.3 pontos. Seus compatriotas Andreas Stjernen e Daniel Andre Tande terminaram na segunda e terceira posições, respectivamente. 

Contudo, no ranking internacional masculino da Copa do Mundo de Esqui Saltos, o atleta da Polônia, dono de três ouros olímpicos, chegou aos 1243 pontos e não pode mais ser alcançado pelos rivais. O alemão Richard Freitag segue na vice-liderança com 990 pontos, mas restam apenas duas provas até o fim da temporada. 

Kamil Stoch também conquistou o título da segunda edição do RAW Air, competição que leva em conta todas as dez provas realizadas na Noruega no mês de março - o vencedor é quem obter o maior número de pontos na somatória de todos os saltos. O polonês conquistou 2590.6 pontos, contra 2553.6 de Robert Johansson. 


"Eu quero agradecer a todos os atletas pela excelente briga até o final e por aumentar o nível em cada prova. Foi difícil, mas no fim eu realmente estou feliz e também quero agradecer meus colegas de equipe e treinadores porque sem eles eu não estaria aqui", comentou o campeão.

Foi uma das melhores temporadas da carreira de Kamil Stoch, sem dúvida. Além do título da Copa do Mundo de Esqui Saltos e do RAW Air, ele também foi bicampeão do Four Hills e igualou o recorde de Sven Hannawald ao vencer as quatro provas do torneio. Ele ainda conquistou um ouro e um bronze nos Jogos Olímpicos de PyeongChang e foi vice-campeão do Mundial Ski Flying.

Ainda em Vikersund, aconteceu a penúltima prova por equipe da temporada e a Noruega confirmou o favoritismo. O país escandinavo venceu a disputa com 1567.3 pontos, mais de 250 pontos de vantagem sobre a Polônia, segunda colocada - a Eslovênia completou o pódio. 

Agora, a Copa do Mundo de Esqui Saltos segue para a última etapa da competição masculina em Planica, na Eslovênia, com duas provas na montanha HS 240 entre 22 e 25 de março. No mesmo período acontece a última etapa feminina com saltos na montanha HS 106 em Oberstdorf, na Alemanha. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.