Johannes Klaebo se aproxima do título no Esqui Cross-Country

Johannes Klaebo precisa de uma vitória para conquistar o título da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country (Reprodução)

Dono de três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de PyeongChang, o norueguês Johannes Klaebo está muito próximo de conquistar seu primeiro título da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country. O jovem de 21 anos deu um passo muito grande após as três provas realizadas entre 3 e 7 de março na Finlândia e na Noruega. 

Klaebo conquistou dois pódios e manteve uma vantagem segura na liderança do ranking masculino. Primeiro, ele foi o terceiro colocado na prova de Sprint livre em Lahti, na Finlândia, no dia 3 - ficou atrás apenas do italiano Federico Pellegrino, vencedor da disputa, e do russo Gleb Retivykh, segundo colocado. 

Ainda em Lahti, ele foi apenas o sétimo colocado nos 15km estilo clássico - a prova foi vencida pelo cazaque Alexey Poltoranin com 33min11seg9, com o russo Alexander Bolshunov em segundo e o finlandês Iivo Niskanen em terceiro. . Mas em Drammen, na Noruega, Klaebo levou a melhor no Sprint Clássico e ficou à frente do também norueguês Eirik Brandsdal, prata, e de Bolshunov, bronze. 

"Era muito importante conseguir os 100 pontos hoje [dia 7]. Eu preciso ganhar o máximo de pontos possível contra os outros caras na disputa do Globo de Cristal. Eu vou correr os 50km no Holmenkollen no próximo fim de semana e sei que será difícil", confidenciou o líder do ranking, especialista em provas de Sprint


Contudo, Johannes Klaebo conseguiu manter uma distância tranquila na Copa do Mundo de Esqui Cross-Country. Ele possui 1308 pontos, contra 980 de seu compatriota Martin Sundby e 953 do suíço Dario Cologna. Como restam apenas quatro provas para o fim da temporada, basta ao atleta vencer uma delas para garantir seu primeiro título geral da competição. 

Entre as mulheres, a situação segue indefinida. A norueguesa Heidi Weng, atual campeã, segue na liderança com 1402 pontos, mas não consegue abrir uma vantagem segura sobre a sua compatriota Ingvild Østberg (a diferença está em 179 pontos com cinco provas ainda em disputa). Longe do pódio nas três provas realizadas após os Jogos Olímpicos, a sorte da líder é que foi outra norueguesa que brilhou nos últimos dias. 

Maiken Falla, especialista em Sprint, venceu as duas provas dessa categoria. Em Lahti, no estilo livre, ela ficou à frente das suecas Stina Nilsson, prata, e Hanna Falk, bronze. Depois, em Drammen, ela foi a campeã do estilo clássico com Nilsson novamente na segunda posição e a norte-americana Jessica Diggins em terceira. 

Na única prova distance dessa semana, a finlandesa Krista Parmakoski fez a festa da torcida local e foi a vencedora dos 10km estilo clássico com 24min37seg4. Natalia Nepryaeva, da Rússia, ficou na segunda posição e Marit Bjørgen, da Noruega, completou o pódio. 

Os atletas de esqui cross-country seguem na Noruega. Neste fim de semana acontece a tradicional prova de longa distância no Festival Holmenkollen. Os homens correm os 50km estilo livre no sábado, dia 10, enquanto as mulheres competem nos 30km estilo livre no domingo, dia 11. Depois, restarão três provas em Falun, na Suécia, entre 16 e 18 de março.

Maiken Falla venceu duas das três provas após os Jogos Olímpicos (NordicFocus)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.