Fourcade e Mäkäräinen conquistam Copa do Mundo de Biatlo

Martin Fourcade comemora sétimo título consecutivo na Copa do Mundo de Biatlo

Foi apenas na última etapa, o francês Martin Fourcade e a finlandesa Kaisa Mäkäräinen conquistaram o título da Copa do Mundo de Biatlo desta temporada em grande estilo, com vitórias e virada na penúltima prova. A etapa de encerramento da competição aconteceu em Tyumen, na Rússia, entre 22 e 25 de março. 

Fourcade, líder da competição masculina desde a segunda prova da temporada, venceu duas das três provas na neve russa para conquistar seu sétimo Globo de Cristal consecutivo. Primeiro, ele venceu o Sprint 10km com 25min49seg0 e nenhum tiro desperdiçado, à frente do seu compatriota Simon Desthieux, prata, e do sueco Fredrik Lindström, bronze. 

Depois, na perseguição 12,5km, o atleta da França completou o percurso em 32min09seg7 e apenas um tiro errado - o norueguês Johannes Bø, principal rival de Martin Fourcade nesta temporada, foi o segundo e Lukas Hofer, da Itália, foi o terceiro. Por fim, já com o título garantido, ele foi apenas o 19º na prova de largada coletiva 15km. O vencedor foi o russo Maxim Tsvetkov com 37min37seg3 e nenhum tiro ruim. Erlend Bjøntegaard, da Noruega, ficou com a prata e Bø completou o pódio. 

Com duas vitórias na última etapa, Martin Fourcade termina a Copa do Mundo de Biatlo com 1116 pontos, contra 1027 de Johannes Bø. Além do heptacampeonato da competição, o francês despede-se da temporada com três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de PyeongChang. 

Entre as mulheres, a Kaisa Mäkäräinen conquistou o terceiro título da carreira na Copa do Mundo de Biatlo após intenso duelo com a eslovaca Anastasiya Kuzmina. As duas se alternaram na liderança da competição durante toda a temporada, com a atleta da Finlândia reassumindo o posto de líder apenas na penúltima prova. 

Para isso, ela contou com dois pódios em Tyumen e um desempenho abaixo da média de sua rival. No Sprint 7,5km, por exemplo, Mäkäräinen foi a segunda colocada, atrás apenas da bielorrussa Darya Domracheva, vencedora com 21min42seg8 e nenhum tiro desperdiçado - Tiril Eckhoff completou o pódio e Kuzmina foi apenas a 12ª. 

Depois, na corrida de perseguição 10km, a finlandesa foi a vencedora com 30min52seg7 e dois tiros desperdiçados, à frente da francesa Anais Bescond, segunda, e da alemã Laura Dahlmeier, terceira - a atleta da Eslováquia foi a sexta. Por fim, na largada coletiva 12,5km, vitória novamente de Domracheva com 35min27seg4 e um tiro para fora. A eslovaca Paulina Fialkova foi a segunda e Anais Chevalier, da França, completou o pódio - a finlandesa foi a sexta e Kuzmina foi a 11ª. 

Com esse desempenho, Kaisa Mäkäräinen alcançou 822 pontos no ranking feminino e conquistou o terceiro Globo de Cristal da carreira - ela também foi campeã em 2011 e 2014. Curiosamente, a atleta não consegue manter o desempenho nos Jogos Olímpicos e, até hoje, não conquistou uma medalha sequer, enquanto que Anastasiya Kuzmina, que ainda persegue seu primeiro Globo de Cristal na classificação geral, já tem três ouros e três pratas. 

Essa foi a última prova da temporada para os atletas de Biatlo. Agora, os atletas entram em férias e já pensam no próximo ciclo olímpico. A modalidade retorna em agosto para a edição do Mundial de Verão em Nove Mesto, na República Tcheca, entre 21 e 25 de agosto, e com provas na temporada sul-americana entre julho e agosto.

Kaisa Mäkäräinen conquista o título da Copa do Mundo de Biatlo pela terceira vez 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.