Anastasiya Kuzmina retoma liderança na Copa do Mundo de Biatlo

Kuzmina com o colete amarelo de liderança no Biatlo (Reprodução)

A eslovaca Anastasiya Kuzmina, dona de três ouros e três pratas nos Jogos Olímpicos de Inverno, está próxima de conquistar seu primeiro título da Copa do Mundo de Biatlo. A atleta retomou a liderança da competição feminina após a penúltima etapa realizada durante o Holmenkollen, na Noruega, entre 15 e 18 de março. 

Kuzmina conseguiu um desempenho quase perfeito na neve norueguesa. Primeiro, ela venceu o Sprint 7,5km com 21min31seg8 e um tiro errado, à frente da bielorrussa Darya Domracheva, prata, e da ucraniana Yuliia Dzhima, bronze. Depois, na prova de Perseguição 10km, ela ficou na segunda posição, atrás apenas de Domracheva, vencedora com 30min37seg4 e dois tiros ruins - Susan Dunklee, dos Estados Unidos, completou o pódio. 

Dessa forma, a atleta da Eslováquia chegou aos 727 pontos e reassumiu a liderança da Copa do Mundo de Biatlo após dois meses. Antiga líder, a finlandesa Kaisa Mäkäräinen caiu para segunda posição com 686 e passa a ser ameaçada por Darya Domracheva, terceira com 641 após a prata e ouro no Holmenkollen.

Essa é a melhor temporada da carreira de Anastasiya Kuzmina. Além das três medalhas em PyeongChang, ela conseguiu cinco vitórias em provas individuais na Copa do Mundo, igualando o número de triunfos que ela tinha em todos os anos anteriores. Mesmo se não conquistar o troféu, será a sua melhor campanha na competição, superando a sexta posição de 2014. 

Entre os homens, o francês Martin Fourcade mantém uma vantagem segura sobre o norueguês Johannes Bø e se aproxima do heptacampeonato da competição. No Holmenkollen, ele venceu a prova de Perseguição 12,5km com 31min31seg6 e dois tiros desperdiçados - Lukas Hofer, da Itália, foi prata e Bø foi bronze. 

Na corrida de Sprint 10km, o atleta da França foi apenas o terceiro colocado, mas viu o rival norueguês terminar na segunda posição - o suficiente para não diminuir a diferença no ranking masculino. A vitória ficou com outro norueguês: Henrik L'Abee-Lund, que completou o percurso em 26min10seg3 e nenhum tiro desperdiçado. É apenas a primeira vitória do atleta de 31 anos no circuito internacional. 

Com mais uma vitória, Fourcade mantém a liderança da Copa do Mundo de Biatlo desde a segunda prova da temporada. Agora ele tem 996 pontos, 49 a mais do que Johannes Bø - Anton Shipulin, da Rússia, é o terceiro com 627, mas já está fora da briga pelo título. 

Ainda durante o Holmenkollen, aconteceram duas provas por equipes. No revezamento feminino 4x6km, a vitória foi da França, com 1h10min58seg3 e seis tiros ruins. A Alemanha ficou na segunda posição e a Itália foi a terceira. Entre os homens, no revezamento 4x7,5km, vitória da Noruega com 1h13min13seg7 e apenas três tiros desperdiçados - a Áustria ficou com a prata e a Rússia com o bronze. 

A última etapa da Copa do Mundo de Biatlo acontecerá em Tyumen, na Rússia, neste fim de semana, entre 22 e 25 de março. No total, os atletas participarão de três provas individuais: sprint, perseguição e largada coletiva. 

Martin Fourcade comemora mais uma vitória e se aproxima do heptacampeonato do Biatlo (Reprodução)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.