Diário de PyeongChang #4 - Saíram as primeiras medalhas de 2018!

Charlotte Kalla comemora primeiro ouro (Reprodução/Facebook)

Após dois dias com bastidores tensos e que ameaçavam até mesmo o início dos Jogos Olímpicos, os torcedores puderam acompanhar aquilo que mais gostam: as provas que valem medalhas nos esportes de inverno. Cinco delas foram distribuídas neste sábado, 10 de fevereiro, no horário sul-coreano. 

A Alemanha, um dos países mais tradicionais dos esportes de inverno, foi o grande destaque do dia ao conquistar duas das cinco medalhas de ouro disponíveis. A primeira delas veio no Biatlo, com a prova de Sprint 7,5km. Laura Dahlmeier, que conquistou tudo na temporada passada, é a nova campeã olímpica com 21min06seg2 e desempenho perfeito nos tiros - Marte Olsbu, da Noruega, foi a prata e Veronika Vitkova, da República Tcheca, foi bronze. 

Depois, o jovem Andreas Wellinger, 22 anos, conquistou a maior vitória de sua carreira na prova de Esqui Saltos Normal Hill em PyeongChang. Ele obteve 259.3 pontos nos seus dois saltos finais e conquistou o título olímpico com sobras. Os noruegueses Johann Farfang foi o segundo colocado e Robert Johansson o terceiro. 

A Coreia do Sul também conquistou uma medalha de ouro logo no primeiro dia de finais nos Jogos Olímpicos. O país-sede confirmou seu domínio na patinação pista curta e viu Hyojum Lim conquistar a prova de 1500 metros masculino Ele travou um importante duelo com o holandês Sjinkie Knegt, medalhista de prata, nos metros finais - Semen Elistratov, do time OAR (Atletas Olímpicos da Rússia) conquistou a primeira medalha daquela que será a principal preocupação do COI a partir de agora. 

Hyojum Lim comemora a vitória nos 1500 metros da patinação pista curta (Reprodução)

A Holanda, por sua vez, já possui quatro medalhas no total! Além da prata de Knegt, o país europeu varreu o pódio nos 3000 metros feminino. Carlijn Achtereekte, 28 anos, nunca tinha sido campeã mundial ou europeia de patinação de velocidade, mas com 3min59seg21, ela venceu a prova dos 3 mil metros feminina de patinação de velocidade. Ireen Wüst ficou na segunda posição e Antoinette de Jong completo o pódio. 

A primeira medalha de ouro, contudo, foi da Suécia. A atleta Charlotte Kalla fez uma segunda parte impecável na prova de Skiatlo 7,5km Livre/7,5km Clássico e foi a campeã com 40min44seg9, quase oito segundos à frente da norueguesa Marit Bjørgen, segunda colocada e que tentava o bicampeonato olímpico nesta prova - a jovem Krista Pärmaköski, da Finlândia, foi a terceira. 

O dia ainda teve mais duas rodadas da primeira fase do Curling de Duplas Mistas. Com duas vitórias, a equipe do Canadá já confirmou a vaga à semifinal. Já o time OAR, apesar da derrota justamente para os canadenses também está garantido. Noruega e Suíça, com 4 vitórias e 2 derrotas até o momento, estão próximos de avançarem à sequência da competição

No Snowboard Slopestyle aconteceu a eliminatória masculina e os doze finalistas já foram conhecidos. Na primeira passagem dos atletas, o norueguês Marcus Kleveland foi o melhor com 83.71 pontos. Depois, na sequência, Max Parrot, do Canadá, fez uma apresentação digna de aplausos e obteve 87.36. A decisão já será neste domingo, dia 11, a partir das 23h do dia 10 no horário de Brasília. 

No Luge, o alemão Felix Loch lidera a competição masculina após a realização de duas das quatro corridas e está próximo do tricampeonato individual. O atleta possui o tempo combinado de 1min35seg299, quase dois décimos mais rápidos do que o austríaco David Gleirscher - Roman Repilov, do OAR, segue em terceiro.

Por fim, tivemos duas partidas de hóquei no gelo feminino - e uma delas era o evento mais esperado do dia. Pela primeira vez em Jogos Olímpicos, as duas Coreias fizeram uma equipe unificada para a disputa do hóquei feminino. A alegria, porém, durou pouco. A Suíça logo impôs sua superioridade e venceu por 8 a 0. O Brasil Zero Grau esteve neste evento e vai trazer todos os detalhes em um post especial! Na outra partida de hóquei, a Suécia derrotou o Japão por 2 a 1. 

Após a Cerimônia de Abertura, agora é o momento de celebrar e contar a chuva de medalhas. Neste domingo, dia 11 no horário sul-coreano, acontecem mais sete finais. Destaque para o esqui alpino downhill masculino, que estreia na modalidade em PyeongChang. Ainda têm as definições do Luge masculino, o Moguls Feminino, os 10km de Sprint masculino no Biatlo, os 5000 metros na patinação de velocidade masculina, o Skiatlo 15km +15km e as finais do Snowboard Slopestyle masculino. 

Laura Dahlmeier (Reprodução/Facebook)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.