Diário de PyeongChang #26 - Nova Zelândia conquista duas medalhas

Zoi Sadowski-Synnott 

A Austrália pode ser o país mais bem sucedido do Hemisfério Sul nos Jogos Olímpicos de Inverno, mas a primeira medalha da região na história do evento não é dela. Vinte e seis anos depois de conquistar uma prata no esqui alpino, a Nova Zelândia voltou a conquistar não só uma, mas duas medalhas na competição.

Os feitos foram obtidos nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, em PyeongChang. A snowboarder Zoi Sadowski-Synnott e o esquiador Nico Porteous, ambos com 16 anos, conquistaram as medalhas de bronze nas provas de Snowboard Big Air e Esqui Livre Halfpipe, respectivamente. Um intervalo de duas horas separou as duas conquistas neozelandesas. 

Eles nem eram nascidos quando a Nova Zelândia conquistou sua primeira medalha olímpica de inverno. A esquiadora Annelise Coberger foi prata na prova de Slalom do esqui alpino nos Jogos Olímpicos de 1992, em Albertville, na França. Foi a primeira medalha de países do Hemisfério Sul na história. Curiosamente, nessa mesma edição, o país da Oceania conquistou dois quartos lugares na patinação de pista curta (1000 metros e Revezamento 5000 metros). 


"A Annelise Coberger é considerada uma das atletas mais importantes da história dos esportes de inverno na Nova Zelândia. Todos nós vemos isso como inspiração e posso dizer que hoje conseguimos quebrar esse tabu", comentou Porteous ao fim de sua prova. O atleta, que nunca tinha subido no pódio da Copa do Mundo, não era um dos favoritos e surpreendeu ao furar a barreira norte-americana e impedir o pódio triplo dos Estados Unidos - David Wise conquistou o bicampeonato olímpico, com Alex Ferreira em segundo. 

Já Sadowski-Synnott contemporizou o feito histórico. "Eu realmente não pensei nisso. Eu tentei ir lá e fazer minha descida de snowboard. Mas estou orgulhosa de conseguir uma medalha para Nova Zelândia", afirmou. Entretanto, diferentemente de seu compatriota, a jovem chegou aos Jogos Olímpicos credenciada pela prata no slopestyle e a quarta posição no Big Air no último Mundial de Snowboard. Com o bronze, ela ficou atrás apenas da austríaca Anna Gasser, ouro, e da norte-americana Jamie Anderson, prata.


Nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, também aconteceram as últimas duas provas individuais do esqui alpino. No Slalom masculino, os favoritos Marcel Hirscher, da Áustria, e Henrik Kristoffersen, da Suíça, não completaram a descida. Dessa forma, a vitória caiu no colo do sueco Andre Myhrer, que conquista seu primeiro ouro olímpico. Já no Combinado feminino, a suíça Michelle Gisin impediu a segunda medalha de ouro de Mikaela Shiffrin, dos Estados Unidos, nos Jogos Olímpicos de PyeongChang. 

Nas três provas de patinação de pista, três fatos inéditos. A Holanda e a Hungria conquistaram seus primeiros ouros olímpicos neste esporte com, respectivamente, Suzanne Schulting nos 1000 metros e a equipe masculino no revezamento 5000 metros. Já o chinês Dajing Wu conseguiu quebrar a escrita e conquistou o primeiro ouro da China em PyeongChang ao vencer os 500 metros masculino. 

No esqui nórdico, duas competições por equipe agitaram o fim de tarde na Coreia do Sul. No revezamento feminino 4x6km do Biatlo, a equipe de Belarus, liderada por Darya Domracheva, foi a campeã. Já no Combinado Nórdico, o fortíssimo time alemão não deu chances para os rivais e venceu a disputa olímpica. 

Por fim, no Hóquei no Gelo feminino, a seleção dos Estados Unidos quebrou um tabu de 20 anos e voltou a conquistar a medalha de ouro. Na decisão, as norte-americanas, tetracampeãs mundiais, fizeram uma partida equilibradíssima contra as canadenses, atuais tetracampeãs olímpicas. Após empate de 2 a 2 no tempo normal e no overtime, as duas equipes precisaram de seis shootouts para definirem o título. Jocelyne Lamoureux-Davidson fez o gol na última série e a goleira Maddie Rooney foi a heroína que fez a defesa salvadora. 

Nico Porteous comemora vitória no Esqui Livre Halfpipe 

Dupla russa perde medalha no Curling

O que já era esperado aconteceu nesta quinta-feira em PyeongChang. Os russos Alexander Krushelnytsky e Anastasia Bryzgalova perderam a medalha de bronze conquistada com o time OAR (Atletas Olímpicos da Rússia) nas Duplas Mistas do Curling. A decisão foi divulgada pelo CAS (Corte Arbitral do Esporte). 

Em seu anúncio, o tribunal confirmou que Krushelnytsky, testado positivo para meldonium, "admitiu a violação das leis antidoping" e, dessa forma, foi desclassificado dos Jogos Olímpicos de PyeongChang e seus resultados foi anulado nas Duplas Mistas. O ranking final da competição será determinado pelo COI e a WCF (Federação Mundial de Curling), mas é questão de tempo para a Noruega, quarta colocada, herdar a medalha de bronze. 

Quanto à Krushelnytsky, ele recebeu uma punição provisória durante os Jogos Olímpicos, mas o procedimento segue aberto, agora entre o atleta e a Federação Mundial de Curling - que pode estender ou não a suspensão da dupla russa em torneios internacionais. Com a confirmação do doping, a delegação da OAR fez o atleta retirar a apelação ao CAS para manter a reaproximação com o Comitê Olímpico Internacional - o acordo para que os russos desfilem com sua bandeira e símbolos nacionais segue sendo costurado e ventilado nos bastidores em PyeongChang. 

Curling - Disputa por equipes
Masculino (tie-break): Suíça 9 x 5 Reino Unido
Masculino (semifinal)Suécia x Suíça; Canadá x Estados Unidos

Snowboard Big Air - Feminino
Ouro: Anna Gasser (Áustria) - 185.00 pontos
Prata: Jamie Anderson (EUA) - 177.25 pontos
Bronze: Zoi Sadowski Synnott (Nova Zelândia) - 157.50 pontos

Esqui Livre Halfpipe - Masculino
Ouro: David Wise (EUA) - 97.20 pontos
Prata: Alex Ferreira (EUA) - 96.40 pontos
Bronze: Nico Porteous (Nova Zelândia) - 94.80 pontos

Andre Myhrer 

Esqui Alpino Combinado - Feminino
Ouro: Michelle Gisin (Suíça) - 2min20seg90
Prata: Mikaela Shiffrin (EUA) - 2min21seg87
Bronze: Wendy Holdener (Suíça) - 2min22seg34

Esqui Alpino Slalom - Masculino
Ouro: Andre Myhrer (Suécia) - 1min38seg99
Prata: Ramon Zenhaeusern 1min39seg33
Bronze: Michael Matt (Áustria) - 1min39seg66

Combinado Nórdico - Revezamento LH/4x5km
Ouro: Alemanha - 46min09seg8
Prata: Noruega - 47min02seg5
Bronze: Áustria - 47min17seg6

Biatlo Revezamento 4x6km - Feminino
Ouro: Belarus - 1h12min03seg4 (9)
Prata: Suécia - 1h12min14seg1 (12)
Bronze: França - 1h12min21seg0 (14)

Patinação de Pista Curta 1000 metros - Feminino
Ouro: Suzanne Schulting (Holanda) - 1min29seg778
Prata: Kim Boutin (Canadá) - 1min29seg956
Bronze: Arianna Fontana (Itália) - 1min30seg656


Jogadoras norte-americanas comemoram ouro em PyeongChang no hóquei 

Patinação de Pista Curta 500 metros - Masculino
Ouro: Dajing Wu (China) - 39seg584 (WR)
Prata: Daeheon Hwang (Coreia do Sul) - 39seg854
Bronze: Hyojun Lim (Coreia do Sul) - 39seg919


Patinação de Pista Curta Revezamento 5000 metros - Masculino
Ouro: Hungria - 6min31seg971
Prata: China - 6min32seg035
Bronze: Canadá - 6min32seg282

Hóquei no Gelo - Feminino (Final)
EUA 3 x 2 Canadá (shootout)
Ouro: Estados Unidos
Prata: Canadá
Bronze: Finlândia

Ouro Prata Bronze Total
Noruega 13 12 10 35
Alemanha 13 7 5 25
Canadá 9 7 8 24
Estados Unidos 8 7 6 21
Holanda 7 6 4 17
Suécia 5 5 0 10
França 5 4 6 15
Áustria 5 2 6 13
Coreia do Sul 4 4 3 11
Suíça 3 6 2 11
Japão 3 5 3 11
Itália 3 2 5 10
Belarus 2 1 0 3
China 1 6 2 9
Rep. Tcheca 1 2 3 6
Reino Unido 1 0 3 4
Eslováquia 1 2 0 3
Reino Unido 1 0 3 4
Polônia 1 0 1 2
Hungria 1 0 0 1
Ucrânia 1 0 0 1
OAR 0 4 8 12
Austrália 0 2 1 3
Eslovênia 0 1 0 1
Finlândia 0 0 4 4
Espanha 0 0 2 2
Nova Zelândia 0 0 2 2
Cazaquistão 0 0 1 1
Letônia 0 0 1 1
Liechtenstein 0 0 1 1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.