'Rainha da Neve', Mikaela Shiffrin atropela rivais no esqui alpino

Mikaela Shiffrin segue imbatível na temporada (Agence Zoom)

Entre os dias 3 e 4 de janeiro, a cidade de Zagreb, na Croácia, recebeu a primeira prova de Slalom de 2018 na Copa do Mundo de Esqui Alpino. A competição, que determina de forma simbólica o "Rei e Rainha da Neve", viu a norte-americana Mikaela Shiffrin vencer mais uma prova e se consolidar ainda mais na liderança da competição. 

A representante dos Estados Unidos conquistou a sétima vitória nesta temporada ao conseguir o tempo combinado de 1min53seg07. A suíça Wendy Holdener foi a segunda colocada com um segundo e meio atrás da campeã - uma eternidade no esqui alpino. Frida Hansdotter, da Suécia, completou o pódio. 

Com mais um triunfo, Shiffrin chegou aos 1081 pontos na Copa do Mundo de Esqui Alpino e caminha tranquila rumo ao bicampeonato da competição. Ela tem mais do que o dobro da alemã Viktoria Rebensburg, vice-líder com 510. A eslovaca Petra Vlhova é a terceira com 475 - a somatória da segunda e terceira colocadas também não atinge a pontuação da líder. 

A coroa de "Rainha da Neve" não poderia estar com atleta melhor. Aos 22 anos, Mikaela Shiffrin segue pulverizando recordes no esporte. Mesmo com idade tão baixa, ela já é atual campeã geral da Copa do Mundo de Esqui Alpino, possui 38 vitórias (sexta maior vencedora da história), é tricampeã mundial e atual campeã olímpica no Slalom.


Entre os homens, a coroa de "Rei da Neve" em Zagreb também ficou em boas mãos. O austríaco Marcel Hirscher, atual hexacampeão da Copa do Mundo de Esqui Alpino, venceu o Slalom com 1min50seg60, apenas cinco centésimos à frente de seu compatriota Michael Matt, segundo - Henrik Kristoffersen, da Noruega, foi o terceiro. O resultado o manteve na liderança masculina da competição. Agora, Hirscher possui 674 pontos, contra 580 de Kristoffersen e 480 de Kjetil Jansrud.

Homens e mulheres voltam a competir na Copa do Mundo de Esqui Alpino já neste fim de semana, dias 6 e 7 de janeiro, em corridas de Slalom e Slalom Gigante. A disputa masculina será em Abeldoben, na Suíça, enquanto que a feminina acontecerá em Kranjska Gora, na Eslovênia. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.