Com pódio, Jaqueline Mourão mantém boa fase no Cross-Country

Jaqueline Mourão participa de suas primeiras provas em 2018 (Reprodução)

Principal atleta de esqui cross-country do Brasil e favorita à vaga feminina do país nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, Jaqueline Mourão participou de suas primeiras provas em 2018 e mostrou que continua em grande fase. A atleta participou de quatro provas no Canadá e Estados Unidos entre 8 e 14 de janeiro. 

O principal resultado foi a medalha de bronze na prova de 10km em técnica livre no Rikert Nordic Center, nos Estados Unidos. A brasileira conseguiu o tempo de 30min19seg3 e obteve 111.68 pontos FIS - o seu melhor desempenho desde fevereiro de 2017. Ela chegou pouco mais de quarenta segundos atrás da norte-americana Erika Flowers, vencedora da disputa - Anne-Marie Comeau, do Canadá, foi a segunda colocada. 

Antes, Jaqueline Mourão participou de três provas em Mont Ste Anne, no Canadá. No dia 8, no Skiatlo (7,5km clássico + 7,5km livre), ela foi a oitava colocada com 45min06seg9 e 130.44 pontos FIS - de longe seu melhor desempenho nesta disciplina. A canadense Cendrine Browne venceu com 43min01seg9 e 62.71 pontos. 

Depois, no sprint livre no dia 9, a atleta do Brasil foi a 11ª colocada na classificatória com 3min46seg64 e 143.18 pontos FIS. Nas baterias, ela terminou na 16ª posição e Dahria Beatty, do Canadá, foi a vencedora. Por fim, nos 10km clássico no dia 11, Jaque foi a 13ª com 32min43seg5 e 141.73 pontos FIS - Browne conquistou mais uma vitória com 29min47seg0 e 62.71 pontos.

"Esta semana foi muito boa para mim. As provas foram preparatórias e muito importantes para acertarmos tudo entre nossa equipe. Feliz de conquistar a minha segunda melhor marca no sprint, somente 0.3 segundos do meu melhor resultado, e ainda feliz por ter alcançado o melhor resultado brasileiro de Pontos FISem Skiatlo. No domingo, fechei com chave de ouro com o pódio nos Estados Unidos", afirmou Jaqueline Mourão. 

Mirlene Picin, também integrante da equipe feminina de esqui cross-country do Brasil, esteve presente em Ravna Gora, na Croácia. No sábado, dia 13, ela foi a 20ª colocada nos 2,5km estilo livre com o tempo de 8min36seg2 e 235.09 pontos FIS - Antoniya Grigorova, da Bulgária, venceu com 7min16seg9 e 89.89 pontos. No dia seguinte, a brasileira participou dos 5km clássico e foi a 14ª com 21min01seg2 e 233.09 pontos FIS - Anja Kunaver, da Eslovênia, ganhou com 17min44seg7 e 85.44 pontos. 

Entre os homens, Victor Santos, líder do ranking nacional de esqui cross-country e favorito à vaga olímpica em PyeongChang, participou da prova de 15km estilo clássico em Steg, na Suíça, no último sábado, 13 de janeiro. Ele terminou na 25ª posição com 50min22seg0 e 270.30 pontos FIS. O suíço Ueli Schnider venceu com 38min39seg8 e 28.14 pontos. 

Ainda em Steg, o jovem Lucas Martins competiu em duas corridas da categoria júnior. Nos 10km estilo clássico, o brasileiro ficou na 43ª colocação com 34min01seg0 e 265.69 pontos FIS - Cyril Faehndrich, da Suíça, venceu com 27min13seg2 e 65.93 pontos. Depois, na prova de perseguição 10km estilo livre, Lucas foi o 37º com 30min38seg1 e 314.58 pontos FIS. Janik Riebli, também suíço, venceu com 25min22seg6 e 65.93 pontos. 

Leandro Lutz, que também sonha com os Jogos Olímpicos de PyeongChang, esteve presente em Ravna Gora, na Croácia. Nos 2,5km estilo livre, no dia 13, o brasileiro foi o 40º com 7min34seg7 e 283.73 pontos FIS - o croata Edi Dadic venceu com 5min58seg9 e 70.19 pontos. No dia seguinte, na prova de 10km estilo clássico, Lutz foi o 24º com 30min53seg3 e 262.67 pontos - Yordan Chuchuganov, da Bulgária, foi o campeão com 24min53seg9 e 70.21 pontos. Por fim, Manex Silva competiu na Copa de Espanha em Linza e foi o segundo colocado nos 7,5km clássico. Os resultados oficiais, porém, ainda não foram divulgados. 

A equipe brasileira de esqui cross-country retorna à neve no próximo fim de semana, 20 e 21 de janeiro, com Helio Freitas na prova master em Theodoro Wirth Park, nos Estados Unidos. Na semana seguinte, Victor Santos e Lucas Lima devem participar do Mundial Júnior de Esqui Cross-Country em Goms, na Suíça. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.