Maren Lundby vence duas provas e abre vantagem no Esqui Saltos

Maren Lundby comemora as duas vitórias em Sapporo (Divulgação/FIS)

No duelo equilibrado entre a norueguesa Maren Lundby e a alemã Katharina Althaus nesta temporada da Copa do Mundo de Esqui Saltos, melhor para a atleta da Noruega na montanha HS 100 em Sapporo, no Japão. Lundby venceu as duas provas realizadas no local no último fim de semana, 13 e 14 de janeiro, e se isolou na liderança da competição. 

No sábado, dia 13, Maren Lundby conseguiu 252.9 pontos em seus dois saltos e ficou à frente da alemã Katharina Althaus, prata, e da japonesa Sara Takanashi, bronze. No dia seguinte, a atleta da Noruega conquistou mais uma vitória com 251.6 pontos no total - dessa vez, Takanashi foi a segunda colocada e Althaus completou o pódio. 

"Estou muito feliz com meu desempenho. Meus saltos foram bons. Eu vou a Zao na próxima semana porque eu gosto realmente gosto do Japão. Os Jogos Olímpicos ainda estão longe, mas eu quero ganhar aquela medalha de ouro", confirmou a vencedora.

Com os resultados, Lundby chegou a quatro vitórias em seis provas realizadas na temporada. Dessa forma, ela se distancia um pouco de Katharina Althaus na liderança da Copa do Mundo de Esqui Saltos. Agora, a norueguesa possui 560 pontos, sessenta a mais do que a atleta da Alemanha. Sara Takanashi é a terceira com 360. 


No mesmo período, os homens competiram na montanha ski flying HS 235 em Tauplitz/Bad Mitterndorf, na Áustria. Por conta do mau tempo, apenas a prova do sábado foi realizada e o norueguês Andreas Stjernen conquistou sua primeira vitória na Copa do Mundo ao obter 407.6 pontos. Daniel Tande, também da Noruega, foi o segundo colocado e o veterano suíço Simon Ammann foi o terceiro. 

O resultado, porém, não interfere o ranking masculino da Copa do Mundo de Esqui Saltos. O polonês Kamil Stoch, impulsionado pelo ótimo desempenho no Four Hills, segue na liderança com 733 pontos. O alemão Richard Freitag, recuperado de um acidente feio no início de janeiro, é o segundo com 711. Andreas Wellinger, também da Alemanha, é o terceiro com 585. 

A Copa do Mundo de Esqui Saltos prossegue no próximo fim de semana, entre 18 e 21 de janeiro, com as provas femininas na montanha HS 102 em Zao, no Japão. Já os homens participam do Mundial Ski Flying na montanha HS 235 em Oberstdorf, na Alemanha. Se Kamil Stoch conquistar o ouro na prova individual, ele iguala o feito do finlandês Matti Nykänen, único atleta da história que foi campeão nos cinco principais torneios de Esqui Saltos (Copa do Mundo, Mundial, Four Hills, Jogos Olímpicos e Mundial Ski Flying). 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.