Jovens vencem etapa norte-americana de Esqui Livre Slopestyle

Johanne Killi venceu em Snowmass e segue na luta pelo título da temporada (FIS/Kielpinski)

Eles são jovens, mas possuem resultados de gente grande e esperam surpreender a todos logo em suas primeiras participações olímpicas. O suíço Andri Ragettli, 19 anos, e a norueguesa Johanne Killi, 20, venceram a etapa de Snowmass, Estados Unidos, da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle. A prova foi realizada nesse sábado, 13 de janeiro. 

Atual vice-campeã da Copa do Mundo, Killi conseguiu sua primeira vitória na temporada ao obter 91.60 pontos em sua apresentação. Ela ficou à frente da norte-americana Maggie Voisin, prata, e da britânica Isabel Atkin. O resultado a colocou na segunda posição da competição com 190 pontos, 79 atrás da sueca Jennie Lee-Burmansson, que competiu nas quatro provas realizadas. 

"Eu não esperava vencer aqui, então estou muito feliz com o resultado. É legal vencer com poucas semanas para o início dos Jogos Olímpicos e agora, estar de volta à disputa do Globo de Cristal [troféu dado ao campeão da Copa do Mundo] é fantástico", confidenciou a norueguesa. 

O suíço Andri Ragettli já teve a oportunidade de conquistar o Globo de Cristal (foi campeão da temporada em 2016), mas seu objetivo é chegar em boa fase para os Jogos Olímpicos de PyeongChang. Ele também obteve sua primeira vitória na temporada nesse sábado ao marcar 95 pontos em sua descida - os noruegueses Ferdinand Dahl e Oystein Braaten terminaram com a prata e bronze, respectivamente.

"Estou muito feliz com minhas duas corridas. Significa muito para mim porque foi minha primeira competição após retornar de uma lesão e consegui vencê-la. É fantástico", afirmou Ragettli, que perdeu a segunda e terceira etapas desta temporada. 

Mesmo com apenas duas provas disputadas, o triunfo deixou o jovem representante da Suíça na quarta posição do ranking masculino da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle com 180 pontos. Contudo, a disputa está equilibrada e tem apenas 45 pontos de desvantagem para Oystein Braaten, líder da competição. 

Ainda restam três provas para o fim desta temporada da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle. A próxima competição será neste sábado, 20 de janeiro, em Mammoth Moutain, nos Estados Unidos - é a última etapa antes dos Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang. Depois, em março, mais duas corridas estão agendadas na Suíça e Itália. 


Campeão olímpico vence mais uma etapa no esqui livre halfpipe

Medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Sochi, em 2014, o norte-americano David Wise mostrou que vive grande fase para conquistar o bicampeonato do Esqui Livre Halfpipe em PyeongChang. Em sua segunda prova na temporada, ele conquistou a segunda vitória no resort Snowmass, nos Estados Unidos, na última quinta-feira, 12 de janeiro. 

Wise obteve 95 pontos em sua descida e ficou à frente dos seus compatriotas Alex Ferreira, segundo, e Aaron Blunck, terceiro. Com as duas vitórias, o norte-americano ocupa a vice-liderança do ranking masculino com 200 pontos, apenas dois atrás do líder Alex Ferreira - que participou de uma prova a mais na competição. 

Entre as mulheres, a canadense Cassie Sharpe voltou a vencer após três provas com 93.20 pontos em sua apresentação - Brita Sigourney, dos Estados Unidos, foi a segunda colocada e a japonesa Ayana Onozuka a terceira. O resultado recolocou Sharpe na liderança feminina com 229 pontos, apenas 20 a mais do que a chinesa Kexin Zhang. 

A próxima etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Halfpipe acontecerá na sexta-feira, 19 de janeiro, em Mammoth Mountain, novamente nos Estados Unidos. É a penúltima prova da temporada, mas é a última antes dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro. 

Campeão olímpico, David Wise venceu as duas provas que participou na temporada (FIS/Kielpisnki)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.