Fourcade e Bø polarizam disputa da Copa do Mundo de Biatlo

Fourcade, de costas, e Johannes Bø venceram 14 das 15 provas masculinas (Reprodução)

É um duelo que promete agitar as competições de Biatlo até o fim da temporada. O francês Martin Fourcade e o norueguês Johannes Bø polarizaram a disputa masculina e seguem lutando ponto a ponto pela liderança da Copa do Mundo da modalidade. A sexta etapa foi realizada em Antholz-Anterselva, na Itália, entre 18 e 21 de janeiro. 

Em três provas individuais nesta etapa, Johannes Bø alcançou duas vitórias. Primeiro, ele venceu o Sprint 10km com 23min19seg3 e um tiro errado, ficando 12 segundos à frente de Fourcade - Arnd Peiffer, da Alemanha, foi bronze. Na sequência, o atleta da Noruega ganhou a corrida de perseguição 12,5km com 31min14seg4 e desempenho perfeito nos tiros. O competidor da França novamente foi o segundo e Anton Shipulin, da Rússia, o terceiro. 

Contudo, na prova de largada coletiva 15km, Martin Fourcade deu o troco. Com dois tiros errados, ele completou o percurso em 40min18seg6 e foi o vencedor, enquanto que Johannes Bø foi apenas o quinto colocado. Tarjei Bø, irmão mais velho de Johannes, ficou com a prata e Erlend Bjøntegaard, também da Noruega, completou o pódio. 

Até o momento, 15 provas individuais foram realizadas nesta temporada e os dois atletas venceram nada menos do que 14 delas (oito para o norueguês e seis para o francês). Curiosamente, a única corrida que não teve nenhum dos dois no alto do pódio foi vencida por... Tarjei Bø! Entretanto, Fourcade leva vantagem na regularidade: subiu ao pódio em TODAS as provas até aqui. 

Dessa forma, Martin Fourcade, atual hexacampeão da Copa do Mundo de Biatlo, lidera a atual temporada com 834 pontos, apenas 54 a mais do que Johannes Bø (que busca seu primeiro título da competição). Jakov Fak, da Eslovênia, é o terceiro com 467. 


Entre as mulheres, a etapa italiana mostrou que nomes conhecidos da modalidade começam a crescer nas vésperas dos Jogos Olímpicos de Inverno. Laura Dahlmeier, atual campeã da competição e dona de cinco medalhas de ouro em seis possíveis no último Mundial, venceu sua segunda prova nesta temporada. Ela completou a prova de perseguição 10km em 29min45seg0 com um tiro desperdiçado - Dorothea Wierer, da Itália, foi prata e Darya Domracheva, de Belarus, foi bronze. 

Domracheva, aliás, mostrou que está recuperando sua grande forma. A atleta, dona de três ouros nos Jogos Olímpicos de Sochi e campeã da Copa do Mundo em 2015, foi a vencedora da prova de largada coletiva 12,5km com 40min23seg9 e apenas um tiro errado. A eslovaca Anastasiya Kuzmina ficou na segunda posição e a finlandesa Kaisa Makarainen foi a terceira. 

Por fim, a norueguesa Tiril Eckhoff, campeã mundial do Sprint 7,5 km em 2016, venceu a mesma prova nesse fim de semana e alcançou sua primeira vitória na temporada. Ela completou o percurso em 21min05seg3 sem errar um tiro sequer. Dahlmeier ficou com a segunda posição e Veronika Vitkova, da República Tcheca, completou o pódio. 

O resultado da etapa de Antholz-Anterselva acirrou ainda mais a disputa feminina na Copa do Mundo de Biatlo. Kaisa Makarainen segue na liderança com 592 pontos, apenas 25 à frente de Anastasiya Kuzmina. Dorothea Wierer é a terceira com 525. 

Essa foi a última competição da Copa do Mundo de Biatlo antes dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro. Ainda restam três etapas para o encerramento da temporada e as provas serão realizadas em março de 2018.

Laura Dahlmeier venceu a segunda prova e mostra que está crescendo na véspera dos Jogos Olímpicos (Reprodução)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.