EUA são tetracampeões do Mundial sub-18 de hóquei feminino

Norte-americanas comemoram sétimo título em 11 edições (Steve Kingsman/HHOF-IIHF Images)

Sem a tradicional companhia da equipe canadense na final, a seleção dos Estados Unidos conquistou o título do Mundial sub-18 de Hóquei no Gelo feminino desta temporada. A competição, que reuniu as oito melhores equipes da modalidade, aconteceu em Moscou, capital da Rússia, entre 6 e 13 de janeiro. 

Na decisão, os Estados Unidos não tiveram dificuldade e derrotaram a Suécia por 9 a 3, com direito a seis gols apenas no segundo período para sacramentar a conquista. É o quarto título consecutivo do país no Mundial sub-18 e o sétimo em 11 edições realizadas. O Canadá, vencedor de quatro edições, teve que se contentar com o bronze após derrotar a Rússia por 5 a 1 na disputa do terceiro lugar. 

É a primeira vez na história que o Canadá fica de fora da decisão de uma das três principais competições de hóquei no gelo feminino (Jogos Olímpicos, Mundial adulto e Mundial sub-18). Aliás, em 34 finais na somatória desses torneios, é apenas a segunda final em que canadenses e norte-americanas não se enfrentam - a outra foi nos Jogos Olímpicos de 2006, quando a Suécia surpreendeu os Estados Unidos na semifinal. 

Contudo, diferentemente daquela ocasião, as canadenses tropeçaram ainda na primeira fase. A equipe esteve no Grupo A, ao lado de Estados Unidos, Rússia e Suécia, mas terminou na lanterna do grupo, com uma vitória em apenas três jogos, sendo surpreendida pelas russas (derrota de 3 a 2) e norte-americanas (6 a 2). 


Com os Estados Unidos e a Suécia classificados diretamente à semifinal, o Canadá precisou enfrentar a República Tcheca, líder do Grupo B, nas quartas de final. A vitória de 3 a 1 classificou a equipe para a semifinal contra as norte-americanas. As canadenses bem que tentaram: chegaram a estar vencendo de 3 a 1 no início do terceiro período, mas permitiram a reação das rivais e perderam de 4 a 3 no shootout

Na outra semi, a Rússia, que tinha eliminado a Finlândia, nas quartas, perdeu para a Suécia por 2 a 1 e frustrou a torcida presente no rink. Já na luta pelo rebaixamento, com o terceiro e quarto colocados do Grupo B, a Suíça venceu os dois do playoff contra a Alemanha e garantiu presença na elite do Mundial sub-18 de Hóquei no Gelo feminino da próxima temporada. 

Agora, o hóquei no gelo feminino volta suas atenções para a disputa dos Jogos Olímpicos em PyeongChang, em fevereiro. Por conta da competição olímpica, não haverá Mundial adulto entre os oito países da elite nesta temporada. A partir de março, porém, começam os torneios das divisões de acesso. 

Disputa pelo acesso

No lugar da Alemanha, entrará as meninas do Japão no Mundial sub-18 do próximo. As japonesas conseguiram uma campanha perfeita de cinco vitórias em cinco rodadas e conquistaram o título do Grupo A da Divisão 1 desta temporada. A competição foi realizada entre 8 e 14 de janeiro em Asiago, na Itália, e teve a equipe da Noruega rebaixada para o Grupo B da Divisão 1. 

Quem ocupará o lugar das norueguesas é a equipe da Dinamarca, que conquistou o título desta temporada do Grupo B do Mundial sub-18 de Hóquei no Gelo. O país também teve cinco vitórias em cinco jogos para confirmar o acesso no torneio realizado em Katowice, na Polônia. Já a Austrália acabou rebaixado para a repescagem no próximo ano. Cinco países disputarão essa classificatória entre 30 de janeiro e 4 de fevereiro na Cidade do México para determinar quem entra na vaga australiana. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.