Boletim Curling # 18 - Continental Cup tem 'empate' histórico

Atletas dos Estados Unidos e do Canadá comemoram vitória na Continental Cup (Reprodução)

Quando algumas das melhores equipes de Curling se reúnem, é normal ver partidas equilibradas. Porém, nada se compara à disputa da Continental Cup desta temporada. O evento, que reúne seis times da América contra seis times da Europa e Ásia, terminou empatado pela primeira vez em sua história. Os jogos foram realizados em London, província de Ontário, entre 11 e 14 de janeiro. 

O Time América, formado pelos times canadenses Brad Gushue, Kevin Koe, Rachel Homan e Michelle Englot e os norte-americanos John Shuster e Nina Roth, empatou em 30 a 30 com o Time Mundo, representado pelos suecos Niklas Edin e Anna Hasselborg, os suíços Peter de Cruz e Silvana Tirinzoni, o norueguês Thomas Ulsrud e a japonesa Satsuki Fujisawa. 

Com um empate inédito na competição, as equipes escolheram Brad Gushue e Thomas Ulsrud para um único lançamento de desempate. Nele, o atleta do Canadá levou a melhor e garantiu o título da competição para os norte-americanos. Foi o sexto triunfo consecutivo do continente sobre o Time Mundo na Continental Cup de Curling. 

"É inacreditável. Nós conseguimos os últimos pontos no fim e depois ganhamos os dois primeiros sorteios. Um pouco de azar, com o Brad [Gushue] fazendo uma varredura completa, acelerando a linha, e os rapazes não conseguiram fazer o que imaginavam. Mas foi uma ótima semana, todos jogaram bem e foi emocionante. E é isso do que se trata este evento", comentou o escocês David Murdoch, capitão do Time Mundo. 


Isso porque na última rodada, com três jogos skins, o Time América do Norte possuía dois pontos de vantagem sobre o Time Mundo. Mas as vitórias de Silvana Tirinzoni sobre Rachel Homan e de Thomas Ulsrud sobre Brad Gushue (ambas por 3 a 2) e o empate de 2,5 a 2,5 entre equipes mistas fez com que o placar terminasse empatado ao fim dos 33 jogos realizados. 

Na Continental Cup, a pontuação funciona da seguinte forma: cada vitória nas partidas por equipes e duplas mistas vale um ponto cada, com empate garantindo meio ponto para cada equipe. Os jogos de Duplas Mistas com atletas de diferentes equipes valem dois pontos. Já as partidas skins contam pontos por end: do primeiro ao sexto, meio por vitória; no sétimo e oitavo, um ponto para quem ganhar o período. No total, são dezoito rodadas em equipes, nove duplas mistas e seis jogos de skins, com 60 pontos em disputa. 

O Time América do Norte recebeu 52 mil dólares canadenses de premiação, o que dá 2 mil para cada atleta, incluindo capitão e treinador. Já o Time Mundo recebeu 26 mil dólares canadenses (1 mil para cada membro). Além disso, os atletas europeus e asiáticos ganharam mais 13 mil dólares canadenses (500 por atleta) por vencerem os jogos skins

Agora, cada equipe volta suas atenções para a sequência da temporada. Na semana seguinte acontece o Canadian Open, mais uma etapa do Grand Slam of Curling, novamente no Canadá. Depois, em fevereiro, as principais equipes do planeta estarão na disputa dos Jogos Olímpicos de PyeongChang, na Coreia do Sul. 

Bingyu Wang conquista evento no World Curling Tour

Enquanto algumas das principais equipes do ranking internacional do World Curling Tour estavam disputando a Continental Cup, os demais times femininos participaram do International Bernese Ladies Cup em Berna, na Suíça. Disputado no sistema triplo knock-out, o evento reuniu 32 equipes entre 11 e 14 de janeiro. 

A chinesa Bingyu Wang, campeã mundial em 2009 e bronze nos Jogos Olímpicos de 2010, conquistou seu primeiro título da temporada ao derrotar Jamie Sinclair, atual campeã norte-americana, por 6 a 5 no extra end da final. Antes, a representante da China já havia derrotado a escocesa e Eve Muirhead nas quartas e a russa Victoria Moiseeva na semifinal. A equipe russa, aliás, ficou com o bronze ao vencer sua compatriota Anna Sidorova por 7 a 4 na decisão do terceiro lugar. 

Entre os homens, o canadense Mike McEwen conquistou o título do Ed Werenich Golden Classic, nos Estados Unidos. Na decisão, a equipe venceu o também canadense Steve Laycock por 6 a 4. Já no Peace Tour Championship, no Canadá, a vitória foi do time Jeff Ginter, representando a província de Columbia Britânica. 

Nas Duplas Mistas, a equipe chinesa Rui Wang e De Xin Ba conquistou o Stu Sells Championship, em Toronto, no Canadá. Na final, os chineses derrotaram os canadenses Riley Sandham e Brendan Craig por 10 a 1. Já no CCT Dutch Masters, na Holanda, os espanhóis Irantzu Garcia e Brendan Bottcher venceram seus compatriotas Oihane Otaegi e Mikel Unanue por 4 a 3 na decisão. 

Equipe de Bingyu Wang comemora título do World Curling Tour na Suíça (Divulgação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.