Zongyang Jia quebra tabu e lidera Copa do Mundo de Esqui Aerials

Zongyang Jia salta para vencer após quase cinco anos no Esqui Aerials (FIS/Kielpinski)

Levou quase cinco anos para o chinês Zongyang Jia, bronze em Sochi, voltar a vencer na Copa do Mundo de Esqui Aerials. Porém, no último fim de semana, ele não só quebrou esse tabu como também conquistou dois triunfos consecutivos. As primeiras provas da competição nesta temporada aconteceram em Secret Garden, na China, entre 16 e 17 de dezembro. 

Logo na primeira prova, no sábado, Jia conseguiu 127.88 pontos em sua apresentação, praticamente dez a mais do que o bielorrusso Maxim Gustik, segundo colocado - Lewis Irving, do Canadá, foi o terceiro. No dia seguinte, com os mesmos saltos, o atleta da China repetiu os 127.88 pontos e conquistou o ouro após uma disputa equilibrada com seu compatriota Guangpu Qi, medalhista de prata - Anton Kushnir, de Belarus e atual campeão olímpico, ficou com o bronze. 

"Fazia muito tempo desde que eu estive no pódio da Copa do Mundo pela última vez. Vencer novamente e, especialmente, aqui na China é emocionante e é uma grande motivação para encarar as próximas competições", comentou Zongyang Jia durante a coletiva de imprensa após sua primeira vitória. 

Com os dois triunfos, o atleta da China tem a marca perfeita de 200 pontos e já abre uma boa vantagem de 70 pontos sobre Guangpu Qi, vice-líder da temporada. Maxim Gustik é o terceiro com 100 pontos nas duas provas. 


Entre as mulheres, a bielorrussa Hanna Huskova foi a campeã da primeira prova da Copa do Mundo de Esqui Livre Aerials ao conquistar 74.82 pontos em sua última apresentação - Mengtao Xu, da China, foi a segunda e Ashley Caldwell, dos Estados Unidos, a terceira. Na segunda disputa, a australiana Danielle Scott venceu com 100.11 pontos - Xu novamente ficou com a prata e Kristina Spiridonova, da Rússia, foi bronze. 

Na disputa feminina, porém, a liderança é de Mengtao Xu, que obteve 160 pontos com os dois segundos lugares na primeira etapa da Copa do Mundo de Esqui Aerials. Hanna Huskova é a vice-líder com 136 pontos e Danielle Scott é a terceira com 109. 

Por fim, ainda no dia 17, aconteceu uma disputa por equipes no Aerials (um novo formato que será testado pela FIS nesta temporada). A equipe chinesa, composta por Mengtao Xu, Guangpu Qi e Zongyang Jia, confirmou o favoritismo e conquistou o ouro com 301.01 pontos. A Austrália ficou na segunda posição e a Rússia conquistou o bronze. A Copa do Mundo de Esqui Livre Aerials retorna no primeiro fim de semana do próximo ano com uma prova em Moscou, na Rússia, no dia 6 de janeiro de 2018. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.