Recordes e disputa olímpica agitam patinação de velocidade

Nao Kodaira quebrou recorde nos 1000 metros e venceu a 12ª prova consecutiva nos 500 (Divulgação)

A última etapa de 2017 da Copa do Mundo de Patinação de Velocidade teve nada menos do que quatro recordes quebrados, supremacia asiática, briga pela liderança geral da competição e até mesmo o encerramento do período pré-olímpico. As provas aconteceram em Salt Lake City, nos Estados Unidos, entre 8 e 10 de dezembro.

A japonesa Nao Kodaira, 31 anos, mais uma vez foi a destaque da competição. Não só por ter vencido as duas provas dos 500 metros (chegando ao 12º triunfo consecutivo nesta distância), mas por conseguir quebrar o recorde mundial dos 1000 metros. "Eu estava cansada na volta final e foi muito difícil. Eu tinha que fazer isso e pensei: 'apenas vá'", comentou a atleta. 

Sua colega de equipe, Miho Takagi, venceu mais uma corrida de 1500 metros - a quarta em quatro provas na temporada - e liderou a equipe japonesa na disputa de perseguição por equipes. O país asiático conquistou o ouro e estabeleceu o melhor tempo dessa categoria. 

Outros dois recordes mundiais foram quebrados na Copa do Mundo de Patinação de Velocidade em Salt Lake City. Denis Yuskov conseguiu melhorar o tempo nos 1500 metros, enquanto que o canadense Ted-Jan Bloemen aproveitou a ausência do holandês Sven Kramer para "voar" nos 5000 metros. 

Ted Jan Bloemen comemora a vitória com recorde nos 5000 metros (Divulgação)

A quebra de recordes foi impulsionada pela questão geográfica. A arena de patinação em Salt Lake City tem quase 1500 metros de altitude. Quanto maior a distância em relação ao nível do mar, mais rápido um atleta de patinação de velocidade irá correr por conta da menor resistência do ar (esta matéria em inglês explica melhor essa questão). 

O alto nível na quarta etapa da temporada refletiu no ranking internacional geral (que leva em conta a somatória de todas as provas). Miho Takagi segue na primeira posição entre as mulheres com 700 pontos, apenas 100 à frente da também japonesa Nao Kodaira. Entre os homens o equilíbrio é ainda maior: Denis Yuskov assumiu a liderança com 460 pontos, apenas CINCO à frente de Kai Verbij. 

Por fim, a quarta etapa da Copa do Mundo de Patinação de Velocidade encerrou também o período válido para os atletas marcarem os tempos que determinariam os classificados em cada distância aos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018. A lista parcial está disponível aqui

Essa foi a última competição da elite de patinação de velocidade em 2017, mas os atletas terão pouco tempo de descanso. No primeiro fim de semana de janeiro, dias 5 a 7, acontece a disputa do Campeonato Europeu Allround. No mesmo mês, entre 19 e 21, tem a quinta e penúltima etapa da Copa do Mundo em Erfurt, na Alemanha. 

Disputa feminina

    • 500 metros (1ª corrida)
    1ª - Nao Kodaira (Japão) - 36seg50
    2ª - Sang Hwa Lee (Coreia do Sul) - 36seg71
    3ª - Arisa Go (Japão) - 37seg17
    • 500 metros (2ª corrida)
    1ª - Nao Kodaira (Japão) - 36seg54
    2ª - Sang Hwa Lee (Coreia do Sul) - 36seg79
    3ª - Arisa Go (Japão) - 37seg05
    • 1000 metros
    1ª - Nao Kodaira (Japão) - 1min12seg09 (recorde mundial)
    2ª - Miho Takagi (Japão) - 1min12seg63
    3ª - Yekaterina Shikhova (Rússia) - 1min13seg23
    • 1500 metros
    - Miho Takagi (Japão) - 1min51seg49
    2ª - Marrit Leenstra (Holanda) - 1min52seg31
    3ª - Yekaterina Shikhova (Rússia) - 1min52seg86
    • 3000 metros
    1ª - Natalia Voronina (Rússia) - 3min57seg70
    2ª - Martina Sáblíková (Rep. Tcheca) - 3min57seg84
    3ª - Claudia Pechstein (Alemanha) - 3min58seg69
    • Largada Coletiva
    1ª - Francesca Lollobrigida (Itália) - 8min53seg49 e 71 pontos de sprint
    2ª - Dan Guo (China) - 8min57seg54 e 49 pontos de sprint
    3ª - Bo-Reum Kim (Coreia do Sul) - 9min00seg72 e 20 pontos de sprint

    • Perseguição por equipes 
    1ª - Japão - 2min50seg87 (recorde mundial)
    2ª - Holanda - 2min55seg57
    3ª - Alemanha - 2min56seg14

    Disputa masculina

      • 500 metros (1ª corrida)
      1º - Alex Boisvert-Lacroix (Canadá) - 34seg15
      2º - Mika Poutala (Finlândia) - 34seg17
      3º - Ronald Mulder (Holanda) - 34seg22
      • 500 metros (2ª corrida)
      1º - Ruslan Murashov (Rússia) - 34seg02
      2º - Kai Verbij (Holanda) - 34seg13
      3º - Dai Dai Ntab (Holanda) - 34seg15
      • 1000 metros
      1º - Denis Yuskov (Rússia) - 1min06seg92 
      2º - Koen Verweij (Holanda) - 1min06seg94
      3º - Pavel Kulizhnikov (Rússia) - 1min06seg96
      • 1500 metros
      - Denis Yuskov (Rússia) - 1min41seg02 (recorde mundial)
      2º - Koen Verweij (Holanda) - 1min41seg63
      3º - Thomas Krol (Holanda) - 1min42seg63
      • 5000 metros
      1º - Ted-Jan Bloemen (Canadá) - 6min01seg86 (recorde mundial)
      2º - Patrick Beckert (Alemanha) - 6min07seg02
      3º - Moritz Geisreiter (Alemanha) - 6min07seg31

      • Largada Coletiva
      1º - Seung Hoon Lee (Coreia do Sul) - 7min58seg22 e 60 pontos de sprint
      2º - Livio Wenger (Suíça) - 7min58seg37 e 40 pontos de sprint
      3º - Bart Swings (Bélgica) - 7min58seg45 e 20 pontos de sprint

      • Perseguição por equipes 
      1º - Canadá - 3min36seg44
      2º - Itália - 3min36seg54
      3º - Nova Zelândia - 3min36seg79

      Nenhum comentário

      Tecnologia do Blogger.