Novatos vencem provas de Slopestyle e Big Air no Esqui Livre

Jennie-Lee Burmansson, 15 anos, venceu a Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle (Mateusz Kielpinski/FIS)

Após três meses da abertura da temporada da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle, na Nova Zelândia, os principais atletas da modalidade participaram da segunda prova da competição no último domingo, 26 de novembro, em Stubai, na Áustria. Quer dizer, quase todos. Os dois vencedores da primeira etapa não estiveram presentes na disputa em solo europeu. 

No feminino, a jovem Kelly Sildaru, da Estônia, segue se recuperando de uma lesão sofrida durante treinamento após vencer a etapa neozelandesa. Sem ela, coube a outra adolescente conquistar o título em Stubai. A sueca Jennie-Lee Burmansson, 15 anos, conquistou sua primeira vitória em etapas da Copa do Mundo ao conseguir 80 pontos em sua apresentação. A britânica Katie Summerhayes foi a segunda e Caroline Claire, dos Estados Unidos, a terceira. 

Entre os homens, o britânico James Woods, vencedor da primeira prova da temporada, não esteve presente e outro novato conseguiu a vitória: o norueguês Oystein Braaten. Ele obteve 91.40 pontos em sua apresentação e ficou à frente do canadense Evan McEachran, prata, e do norte-americano Colby Stevenson, terceiro. 

Com duas etapas realizadas, Burmansson lidera a disputa feminina da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle com 160 pontos (um ouro e um bronze), contra 130 da suíça Giulia Tanno. Entre os homens, a primeira posição é de Braaten com 105 pontos, apenas cinco à frente de James Woods. A próxima prova da competição será em Font Romeu, na França, no dia 23 de dezembro. 

Big Air acontece em Mönchengladbach, na Alemanha

Depois da parada na Áustria, alguns dos atletas de esqui livre foram até Mönchengladbach, na Alemanha, para a segunda prova da Copa do Mundo de Big Air da temporada - a última antes dos Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang, na Coreia do Sul. A disputa aconteceu na última sexta-feira, dia 1º de dezembro.

Uma das atletas mais regulares da categoria nesta temporada, a suíça Giulia Tanno finalmente conquistou sua primeira vitória em etapas da Copa do Mundo. Ela conseguiu 174.60 pontos e ficou à frente de sua compatriota Sarah Hoefflin, prata, e da chilena Dominique Ohaco, bronze. É, de longe, o melhor resultado de um latino-americano em uma etapa da Copa do Mundo de esporte de neve nos últimos anos!

Entre os homens, o norueguês Christian Nummedal foi o campeão da etapa ao obter 183.20 pontos na somatória de suas descidas - é a segunda vitória da carreira do atleta de 22 anos. O sueco Oscar Wester ficou com a segunda colocação e o também norueguês Oystein Braaten, que já havia vencido o slopestyle, foi o terceiro.

Com duas de três etapas da Copa do Mundo de Esqui Livre Big Air, Giulia Tanno assumiu a liderança do ranking feminino com 160 pontos, 30 a mais do que Sarah Hoefflin. Entre os homens, Nummedal e Elias Ambühl, da Suíça, estão empatados na primeira posição com 129 pontos. A última etapa da disciplina acontecerá após os Jogos Olímpicos de Inverno, em 24 de março de 2018, na cidade canadense de Stoneham-Quebec.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.