Mikaël Kingsbury mantém invencibilidade no Esqui Livre Moguls

Mikaël Kingsbury chega a marca de dez vitórias consecutivas (FIS/Kielpinski)

Um dos maiores atletas de todos os tempos do Esqui Livre Moguls, o canadense Mikaël Kingsbury resolveu mostrar toda a sua força nesta temporada da Copa do Mundo da modalidade. Após ter vencido a etapa de abertura, o atleta venceu as duas provas realizadas em Thaiwoo, na China, entre 21 e 22 de dezembro. 

Na quinta-feira, dia 21, Kingsbury foi o campeão com 83.61 pontos, deixando o australiano Matt Graham em segundo e o norte-americano Troy Murphy em terceiro. No dia seguinte, o competidor do Canadá obteve 85.94 pontos e ficou à frente do cazaque Dmitriy Reikherd, prata, e de Matt Graham, bronze. 

Além de manter a invencibilidade na temporada, Mikaël Kingsbury estabelece uma incrível sequência de dez triunfos consecutivos na Copa do Mundo, incluindo provas de Dual Moguls. Seu último tropeço foi em janeiro de 2017, quando perdeu a etapa de Calgary para o australiano Matt Graham. 

"Para mim, nesta nova temporada, é como se fosse um passo de cada vez. Primeiro venci em Ruka, agora consegui a vitória aqui. Eu consegui fazer a corrida que eu queria na final e é bom voltar à China e sentir confiança no portão de largada. Tudo está caminhando na direção certa e estou muito feliz", comentou o atleta. 

Com três vitórias em três provas, Mikaël Kingsbury é líder isolado do ranking masculino da Copa do Mundo de Esqui Livre Moguls. Ele possui 300 pontos e já abre 140 de vantagem sobre Dmitriy Reikherd, vice-líder. Ou seja, mesmo se zerar em pontos na próxima prova, o atleta do Canadá permanecerá na primeira posição. 


Entre as mulheres, destaque para a disputa entre a norte-americana Jaelin Kauf e a cazaque Yulia Galysheva. Na primeira corrida, Kauf venceu com 77.90 pontos, deixando a atleta do Cazaquistão com a prata - Andi Naude, do Canadá, foi bronze. No dia seguinte, Galysheva deu o troco e foi a campeã com 80.88 pontos, com a competidora dos Estados Unidos na segunda posição e Naude novamente com o bronze. 

Contudo, no ranking feminino da Copa do Mundo de Esqui Livre Moguls, a vantagem é de Jaelin Kauf. Ela lidera a competição com 225 pontos e tem 45 pontos de vantagem sobre Galysheva, vice-líder. Andi Naude é a terceira com 170 e a australiana Britteny Cox, atual campeã, caiu para a quarta posição com 156. 

A Copa do Mundo de Esqui Livre Moguls tem uma pequena pausa e retorna no primeiro fim de semana de 2018. Os atletas participam de uma prova em Calgary, no Canadá, no dia 6 de janeiro. Antes dos Jogos Olímpicos de PyeongChang, em fevereiro, eles participam de mais três provas nos Estados Unidos e no Canadá. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.