Michel Macedo e Isabella Springer competem no esqui alpino

Michel Macedo iniciou a temporada nessa semana (Alpine America)

Dois dos principais atletas do Brasil no esqui alpino, Michel Macedo e Isabella Springer possuem expectativas diferentes na temporada, mas têm o mesmo sonho em comum: os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018. Eles competiram em diferentes provas da modalidade nas últimas duas semanas. 

Dono de quatro dos cinco recordes nacionais no esqui alpino, Michel Macedo mostrou que segue em grande forma para esta temporada olímpica e é o favorito para representar o Brasil nos Jogos. Logo na primeira competição da temporada, em Cooper Mountain, nos Estados Unidos, ele participou de quatro provas e se aproximou das melhores marcas do país na modalidade. 

Na quinta-feira, dia 30, Michel esteve presente em duas corridas de Super G. Na primeira, ele ficou na 15º posição com 1min14seg51 e 55.85 pontos FIS - Manuel Schmid, da Alemanha, venceu com 1min12seg04 e 18.82 pontos. Na sequência, o brasileiro melhorou seu desempenho e foi o 13º com 1min17seg86 e 49.02 pontos FIS - Schmid ganhou novamente com 1min15seg62 e 17.03 pontos. 

Depois, nas duas corridas de slalom gigante, ele não teve tanta sorte. Na primeira corrida, Michel não completou a primeira descida e ficou de fora da classificação - Harry Laidlaw, da Austrália, venceu com 2min15seg72 e 11.56 pontos FIS. Depois, na sequência, o atleta do Brasil também não passou da primeira parte - Tanguy Nef, da Suíça, venceu com 2min20seg80 e 11.54 pontos FIS. 

No feminino, Isabella Springer participou de três provas de slalom gigante na Itália no último fim de semana de novembro. A jovem atleta brasileira, que estreou em competições adultas neste ano, segue em busca do índice olímpico B (até 140 pontos FIS em cinco provas da temporada) para garantir sua classificação aos Jogos de PyeongChang.

Em Solda-Sulden, no dia 24, Isabella foi a 36ª colocada com 2min18seg20 e 269.08 pontos FIS - Neja Dvornik, da Eslovênia, venceu com 1min52seg31 e 43.17 pontos. No dia 26, em Santa Caterina Valfurva, a brasileira teve o seu melhor desempenho com a 49ª colocação, o tempo de 2min26seg93 e 218.23 pontos FIS - Claire Tan, da Holanda, foi a campeã com 2min03seg51 e 32.40 pontos. Por fim, no dia 27, a jovem ficou na 55ª posição com 2min23seg86 e 222.50 pontos FIS - Tan levou o segundo ouro com 2min00seg51 e 32.62 pontos. 

Para conseguir o sonho olímpico, Isabella Springer não terá descanso. Entre os dias 2 e 13 de dezembro, a brasileira deverá participar de incríveis 12 provas entre a Itália, Áustria e a França. Ela corre contra o tempo para atingir a marca necessária e garantir uma cota feminina para o Brasil no esqui alpino dos Jogos Olímpicos de PyeongChang. 

Isabella Springer (Arquivo pessoal)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.