Jovem norueguês lidera Copa do Mundo de Esqui Cross-Country

Johannes Klaebo (esquerda) lidera a Copa do Mundo de esqui cross-country (NordicFocus)

O norueguês Johannes Klaebo tem apenas 22 anos e disputa a sua segunda temporada da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country, mas está conquistando resultados de gente grande neste ano. O jovem venceu quatro das cinco provas na disputa masculina das etapas de Ruka, na Finlândia, e Lillehammer, na Noruega. 

O desempenho de Klaebo neste início já supera sua própria campanha no ano anterior - na ocasião, ele conquistou três vitórias e obteve sete pódios. Com quatro vitórias, ele também já se posiciona como candidato ao título. Na temporada passada, o também norueguês Martin Sundby teve apenas cinco triunfos e, mesmo assim, conquistou o bicampeonato da competição. 

Johannes Klaebo começou arrasador em Ruka, na Finlândia, ao vencer o sprint em técnica clássica na sexta-feira, dia 24, e os 15km também em estilo clássico no sábado, dia 25. Depois, na prova de perseguição 15km estilo livre, ele ficou apenas na 51ª colocação - Maurice Manificat, da França, foi o campeão -, mas foi o vencedor geral na somatória das duas corridas de distance

Já em Lillehammer, Klaebo manteve a boa fase. Ele voltou a ser o mais rápido no sprint estilo clássico e ainda foi o campeão do Skiatlo 15km/15km com 1h16min47seg1 - prova que não é sua especialidade. "É divertido ganhar uma corrida de distance, mas é inacreditável o que aconteceu hoje. Eu não sonhava estar pronto para lutar pela vitória em uma corrida de 30km", confidenciou o líder. 


O fato é que este bom desempenho tanto em provas de sprint quanto em distance fez Klaebo chegar aos 526 pontos e assumir a liderança isolada da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country. Martin Sundby, também da Noruega, é o vice-líder com 328 e o russo Alexander Bolshunov é o terceiro com 282. 

Entre as mulheres a disputa está equilibrada. Cinco atletas diferentes venceram as provas realizadas nas duas primeiras etapas da competição. A sueca Stina Nilsson foi a campeã do sprint clássico em Ruka, enquanto que Maiken Falla,da Noruega, foi a mais rápida no sprint em Lillehammer. 

Ainda em Ruka, a lenda norueguesa Marit Bjoergen foi a campeã dos 10km estilo clássico e sua compatriota Ragnhild Haga foi a mais rápida na perseguição 10km em técnica livre. Contudo, a sueca Charlotte Kalla foi a campeã na somatória das provas de distância e, de quebra, ainda foi a mais rápida no Skiatlo 7,5km/7,5km com 42min24seg7. 

Dessa forma, Charlotte Kalla é a líder da Copa do Mundo feminina de Esqui Cross-Country com 438 pontos. Atual campeã, a norueguesa Heidi Weng é a vice-líder com 325 pontos e Marit Bjoergen é a terceira com 319. 

Após duas provas na Escandinávia, a Copa do Mundo de Esqui Cross-Country embarca para a Europa Central. A terceira etapa da competição acontecerá em Davos, na Suíça, entre 9 e 10 de dezembro, com provas de sprint e de 10km no estilo livre. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.