Canadá aproveita fator casa na Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton

Pódio dominado pelos canadenses no 2-man (Viesturs Lacis/IBSF)

Sede da terceira etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton, o Canadá viu dois de seus trenós vencerem e dispararem na liderança da competição na temporada olímpica. A competição aconteceu no último fim de semana, entre 24 e 25 de novembro, em Whistler, na região de Vancouver. A pista, considerada a mais rápida do mundo, sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010. 

Nas duplas masculinas do bobsled, os trenós canadenses conseguiram uma dobradinha. Chris Spring e Neville Wright venceram com 1min44seg17, apenas dois centésimos à frente dos compatriotas Justin Kripps e Alexander Kopacz, medalhistas de prata - os letões Oskar Melbardis e Daumants Dreiskens ficaram na terceira posição. O bom desempenho do Canadá no 2-man é exemplificado no ranking da Copa do Mundo. Kripps lidera a competição com 612 pontos, contra 577 de Chris Spring. 

Entre as mulheres, as canadenses Kaillie Humphries e Melissa Lotholz conseguiram a segunda vitória em três etapas ao conquistarem o tempo combinado de 1min46seg67. Elas ficaram quase meio segundo à frente das norte-americanas Jamie Greubel Poser e Aja Evans. Elana Meyers Taylor e Kehri Jones, também dos Estados Unidos, ficaram com o bronze. No ranking, a equipe do Canadá lidera com 660 pontos, contra 627 de Greubel Poser e 610 de Meyers Taylor. 

Por fim, no 4-man, o russo Alexander Kasjanov, atual campeão da Copa do Mundo de Bobsled, se recuperou e conseguiu sua primeira vitória na temporada ao completar a prova em 1min41seg89. O Reino Unido, comandado por Lamin Deen, foi o segundo colocado, enquanto que a Alemanha, com Nico Walther, completou o pódio. Contudo, no ranking da competição, o alemão Johannes Lochner segue na liderança com 601 pontos, contra 577 de seu compatriota Nico Walther.

Lölling vence a primeira no skeleton feminino

Atual campeã da Copa do Mundo de Skeleton, a alemã Jacqueline Lölling conseguiu sua primeira vitória nesta temporada. A jovem atleta completou a prova em Whistler em 1min48seg38, 23 centésimos à frente da canadense Jane Channel, segunda colocada - Tina Hermann, também da Alemanha, completou o pódio. O resultado conduz Lölling à primeira posição do ranking deste ano, com 585 pontos. Hermann é a segunda com 554. 

Entre os homens, o sul-coreano Sungbin Yun venceu a segunda prova consecutiva ao conseguir o tempo combinado de 1min44seg34 - o russo Nikita Tregubov foi o segundo e Tomass Dukurs, da Letônia, o terceiro. Vencedor da primeira prova da temporada e atual octacampeão, Martins Dukurs foi o sexto e ficou com 611 pontos. Dessa forma, ele viu o atleta da Coreia do Sul assumir a liderança com 660 pontos. 

Após três etapas realizadas na América do Norte, a Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton embarca à Europa. A quarta etapa da competição acontecerá em Winterberg, na Alemanha, entre 8 e 10 de dezembro de 2017. Serão mais cinco etapas até 21 de janeiro de 2018, quando acaba a temporada e os atletas se preparam para os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.