Boletim Hóquei no Gelo #16 - Mundial sub-20 começa nos EUA

EUA e Canadá devem duelar novamente no Mundial sub-20 de Hóquei no Gelo (Andre Ringuette/HHOF-IIHF Images)

Principal competição internacional para jovens atletas de hóquei no gelo, o Mundial sub-20 da modalidade começa nesta terça-feira, 26 de dezembro, em Buffalo, nos Estados Unidos, como uma prévia do que os futuros astros irão demonstrar nas principais ligas do planeta. A competição acontece o dia 5 de janeiro de 2018 e reúne dez seleções em dois grupos. 

As dez seleções já possuem jogadores sob contrato da NHL, a liga norte-americana de hóquei no gelo. No total, 107 dos 220 atletas convocados já foram draftados pela competição - praticamente metade dos participantes. Além disso, dentre os que ainda não foram descobertos por franquias norte-americanas e canadenses, estão aqueles que já participam da KHL, liga com times da Rússia e do Leste Europeu, e da Champions Hockey League, com equipes do Norte e da Europa Central. 

Atual campeão após uma vitória emocionante sobre o Canadá nos shootouts, a equipe dos Estados Unidos aproveita a base do time da temporada passada para conseguir o bicampeonato - desde 2009, quando o Canadá conquistou o quinto título consecutivo, nenhum país venceu o Mundial sub-20 em sequência. Kailer Yamamoto e Logan Brown, que já acumulam partidas na NHL, Kieffer Bellows, responsável por dois gols do país na final do ano passado, e Casey Mittelstadt, número 8 no Draft de 2017, são os destaques. 

Canadá, com sete jogadores da campanha do vice-campeonato, deve ser o principal rival dos norte-americanos na luta pelo título. Goleiro Carter Hart, atacante Jordan Kyrou e o defensor Victor Mete, que já integra a equipe do Montreal Canadiens, lideram os canadenses. A Suécia, comandada pelo jovem Rasmus Dahlin (candidato a número 1 no Draft da NHL em 2018) e a Rússia, com Klim Kostin e German Rubtsov, também são favoritos ao ouro. 

As dez seleções foram divididas em dois grupos. Na Chave A estão Estados Unidos, Canadá, Dinamarca, Eslováquia e Finlândia. No B jogam Rússia, Suécia, República Tcheca, Suíça e Belarus. Os quatro melhores de cada lado avançam às quartas de final, com o primeiro de um grupo enfrentando o quarto do outro e os segundos colocados jogando contra os terceiros. A partir daí, eliminatória simples até à decisão. Os últimos colocados se enfrentam no playoff de rebaixamento. 

Esse é o primeiro torneio de elite do Mundial da IIHF nesta temporada. Na semana passada, também pelo sub-20 masculino, aconteceram quatro competições de divisões inferiores - com destaque para o acesso do Cazaquistão à elite júnior do esporte. Ainda em janeiro de 2018 é a vez das jovens mulheres participarem do Mundial sub-18 de hóquei no gelo. 

Tampa Bay Lightning segue líder absoluto na NHL

A temporada regular da NHL está chegando à metade e o Tampa Bay Lightning, pouco cotado na abertura da competição, segue como líder absoluto. A franquia possui uma campanha de 26-7-2 (26 vitórias, sete derrotas e dois tropeços no overtime) em 35 jogos, garantindo 54 pontos e a primeira posição na Divisão Atlântico. Para confirmar a boa fase, a equipe conseguiu nove vitórias nas últimas dez partidas. 

Toronto Maple Leafs e Boston Bruins ocupam a segunda e terceira posições do Atlântico neste fim de ano e estão garantindo uma vaga direta aos playoffs. Ainda na Conferência Leste, mas na Divisão Metropolitana, o New Jersey Devils é o líder, seguido por Washington Capitals, segundo, Columbus Blue Jackets, terceiro. As duas vagas do wild card no momento estão com New York Rangers e New York Islanders.

Na Conferência Oeste, a melhor equipe é o novato Vegas Golden Knights, líder da Divisão Pacífico com 48 pontos em 34 partidas - Los Angeles Kings e San Jose Sharks estão na segunda e terceira posições, respectivamente. Na Divisão Central, a primeira posição é do St. Louis Blues, com Nashville Predators em segundo e Winnipeg Jets em terceiro. Dallas Stars e Anaheim Ducks estão com as vagas do wild card

KHL começa a definir playoffs

Restam cinco semanas para o fim da temporada regular da KHL e os playoffs da Copa Gagarin já tem algumas vagas definidas. Na Conferência Oeste, por exemplo, os cinco primeiros já estão praticamente garantidos. O SKA (1º) e o CSKA (2º) já encaminharam as duas primeiras posições. Jokerit (3º), Lokomotiv Yaroslavl (4º) e Torpedo (5º) também possuem uma boa vantagem na classificação. Dynamo Moscou (6º), Sochi (7º), Spartak (8º), Severstal (9º) e Dinamo Minsk (10º) brigam pelas últimas três vagas. 

Na Conferência Leste a disputa está mais equilibrada. Ak Bars (1º), Neftekhimik (3º), Avtomobilist (4º) e Mettalurg (5º), todos da Divisão Kharlamov, brigam pela liderança geral. Avangard, com 73 pontos, e Salavat Yulaev, com 67 pontos, são da Divisão Chernyshev e lutam pela segunda posição geral (as duas primeiras posições são destinadas para os líderes de cada divisão). Amur, nono colocado, e Sibir, décimo, seguem com chances de classificação à pós-temporada. 

Vanke Rays vence na liga feminina de hóquei no gelo

Nas últimas duas partidas do hóquei no gelo feminino, a equipe do Vanke Rays, da China, confirmou o favoritismo e venceu os dois jogos contra o Boston Blades na CWHL (liga canadense de hóquei no gelo feminino). Na primeira partida, dia 19, as chinesas derrotaram o time norte-americano por 5 a 1. Na sequência, no dia 20, venceram por 3 a 0. Com os dois triunfos, o Vanke Rays assumiu a quarta posição com 20 pontos em 13 jogos (10-3-0). Com 22 pontos em 12 jogos, o Calgary Inferno está na liderança da competição. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.