Isabel Clark sofre acidente em etapa do Snowboardcross na Itália

Isabel  Clark levou um susto na etapa em Cervinia (Divulgação)

Após terminar entre as 15 melhores nas quatro etapas anteriores da Copa do Mundo de Snowboardcross nesta temporada, a brasileira Isabel Clark sofreu um susto durante a disputa em Cervinia, na Itália, na quinta-feira, 21 de dezembro. A atleta sofreu um acidente durante a classificatória e precisou ser levada ao hospital de helicóptero.

Durante a primeira descida da classificatória, ela sofreu uma queda e bateu a cabeça. Levada pela organização da prova ao hospital mais próximo, Isabel passou por exames e, felizmente, não teve fratura ou lesão constatada, apesar de ainda sentir dores no pescoço. Segundo o Globoesporte.com, ela já teve alta e está no Brasil para passar as festas de virada do ano.

"Só o que tenho a dizer é que o capacete e o protetor de boca me salvaram, pois a pancada foi grande. Apesar da imensa dor no pescoço, graças a Deus não quebrei nada", escreveu a brasileira em sua página no Facebook. Mesmo com o acidente, Isabel conseguiu o tempo de 51seg86 na primeira corrida da classificatória, terminou na 26ª colocação da classificação final e conseguiu mais 50 pontos no ranking internacional.


Nas baterias, a italiana Michela Moioli venceu a segunda prova consecutiva na Copa do Mundo de Snowboardcross e fez a festa da torcida italiana presente em Cervinia. As francesas Nelly Loccoz e Julia Pereira Malibeau terminaram com a prata e bronze, respectivamente. É o primeiro pódio de Malibeau, 16 anos, no circuito internacional. 

Apesar do susto, o acidente não atrapalha os planos de Isabel na temporada. Agora, ela ocupa a 15ª posição do ranking da Copa do Mundo de Snowboardcross com 750 pontos. A norte-americana Lindsey Jacobellis, pentacampeã mundial, segue na liderança com 3380 pontos, apenas 80 de vantagem sobre Chloe Trespeuch, da França.

Entre os homens, Omar Visintin garantiu que a festa italiana fosse completa e garantiu sua primeira vitória na temporada ao vencer a bateria decisiva. Pierre Vaultier, da França, terminou na segunda posição e o australiano Alex Pullin completou o pódio. O competidor da Austrália, inclusive, mantém a liderança masculina da Copa do Mundo de Snowboardcross com 3026 pontos, contra 2520 de Vaultier. 

Agora,  os atletas terão uma importante pausa para descansarem e acertarem os últimos ajustes para a segunda parte da temporada. A Copa do Mundo de Snowboardcross retorna em Erzurum, na Turquia, entre os dias 19 e 21 de janeiro de 2018. É a última etapa que irá somar pontos para o ranking pré-olímpico.

Omar Visintin (Miha Matavz)


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.