Sem sorte, Isabella Springer completa primeira semana no esqui alpino

Isabella Springer iniciou caminhada olímpica na última semana (Divulgação)

Responsável por abrir a temporada de inverno no hemisfério norte para a CBDN, a jovem Isabella Springer, 17 anos, segue em busca do índice olímpico B no esqui alpino para os Jogos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018. A atleta participou de provas de slalom e slalom gigante na Itália ao longo da semana passada.

Contudo, ela não teve tanta sorte. Das sete provas previstas para a brasileira, duas foram canceladas por conta das condições climáticas: uma de slalom gigante em Solda, no dia 13 de novembro, e outra em Solda-Sulden no último domingo, dia 19. Além disso, das cinco corridas restantes, ela foi desclassificada em duas e não completou a primeira parte em outras duas.

Dessa forma, Isabella conseguiu completar apenas uma prova em sua primeira semana de competições no hemisfério norte. No sábado, dia 18, a brasileira foi a 65ª no slalom realizado em Solda-Sulden. Ela conseguiu o tempo de 2min01seg99 e obteve 234.62 pontos FIS - a vencedora foi Daria Krajewska, da Polônia, com 1min36seg00 e 39.69 pontos FIS. 

Isabella Springer sabe que precisa correr contra o tempo para garantir o índice aos Jogos Olímpicos de Inverno, em fevereiro de 2018. Por isso mesmo ela vai encarar outras quatro provas de slalom gigante na Itália ainda em novembro: duas em Solda-Sulden entre 25 e 26 e mais duas em Bormio nos dias 26 e 27. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.