Copa do Mundo de Patinação Pista Curta define cotas olímpicas

Coreia do Sul e Canadá devem polarizar disputa olímpica da patinação em pista curta (Divulgação)

Um dos principais países quando o assunto é patinação de pista curta, a Coreia do Sul sediou a última etapa da Copa do Mundo da modalidade entre 17 e 19 de novembro. As provas aconteceram em Seul e, além de definir os campeões da competição na temporada, também determinou os classificados aos Jogos Olímpicos de Inverno, em fevereiro de 2018. 

As quatro etapas da Copa do Mundo entre outubro e novembro serviram de tomada de tempo para distribuir as cotas olímpicas existentes. Cada país poderia classificar, no máximo, dez atletas, sendo três por cada distância. Sete países conseguiram esse índice (confira lista completa abaixo). 

As últimas provas da Copa do Mundo de Patinação em Pista Curta consagraram alguns dos favoritos ao título olímpico em PyeongChang. Entre as mulheres, a sul-coreana Minjeong Choi conquistou dois dos três ouros individuais. Nos 1000 metros, ela foi a campeão com 1min32seg402, à frente da canadense Kim Boutin, segunda, e da holandesa Yara van Kerkhof, terceira. Depois, a atleta conquistou os 1500 metros com 2min24seg515 - Suk Hee Shim, também da Coreia do Sul, foi a segunda e Kim Boutin a terceira.

Nos 500 metros feminino, a vitória foi da britânica Elise Christie, que conquistou seu primeiro triunfo na temporada. Ela obteve o tempo de 43seg259, impedindo o ouro triplo de Choi, segunda colocada - Martina Valcepina, da Itália, completou o pódio. Por fim, no revezamento 3 mil metros feminino, o ouro foi da seleção holandesa, com 4min12seg037 - Rússia ganhou a prata e Coreia do Sul o bronze. 

Na disputa masculina, a Coreia do Sul conquistou apenas um ouro em casa com a equipe do revezamento 5 mil metros. O país asiático completou o percurso em 6min47seg365, à frente da Holanda, prata, e dos Estados Unidos, bronze. Nos 500 metros, o chinês Dajing Wu foi o campeão com 40seg559 - os irmãos húngaros Shaolin e Shaoang Liu terminaram na segunda e terceira posições. 

Na corrida de 1000 metros, porém, Shaolin Liu foi o campeão com 1min26seg223, deixando o sul-coreano Dae Heon Hwang em segundo e o canadense Samuel Girard em terceiro. Por fim, nos 1500 metros, Charles Hamelin conquistou seu primeiro ouro na temporada com 2min14seg179. Hwang repetiu a medalha de prata e JR Celski, dos Estados Undos, completou o pódio. 

Com as vagas olímpicas definidas e a Copa do Mundo encerrada, os atletas de patinação em pista curta terão um breve descanso. A próxima competição será a disputa do Campeonato Europeu em Dresden, na Alemanha, em 12 de janeiro. Depois, a elite desembarca em PyeongChang para os Jogos Olímpicos de Inverno a partir de 9 de fevereiro. 

Confira os campeões de cada distância da Copa do Mundo de Patinação Pista Curta: 

Feminino
500 metros: Marianne St. Gelais (Canadá) - 20240 pontos
1000 metros: Kim Boutin (Canadá) - 26000 pontos
1500 metros: Minjeong Choi (Coreia do Sul) - 30000 pontos
Revezamento 3 mil metros: Coreia do Sul - 28000 pontos

Masculino
500 metros: Dajing Wu (China) - 25120 pontos
1000 metros: Shaolin Sandor Liu (Hungria) - 19342 pontos
1500 metros: Dae Heon Hwang (Coreia do Sul) - 28000 pontos
Revezamento 5 mil metros: Canadá - 26400 pontos

Confira a quantidade de cotas olímpicas da patinação de pista curta para os Jogos de 2018:

10 atletas - Canadá, China, Hungria, Japão, Holanda, Coreia do Sul e Rússia
8 atletas - Estados Unidos
7 atletas - Itália
5 atletas - Reino Unido e Cazaquistão
4 atletas - França
3 atletas - Alemanha e Polônia
2 atletas - Austrália, Bélgica e Letônia
1 atleta - Belarus, República Tcheca, Israel, Singapura e Suécia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.