Em casa, canadenses dominam etapa do Grand Prix de Patinação

Kaetlyn Osmond conquistou o ouro entre as mulheres (Divulgação)

Uma semana após a estreia na Rússia, o Grand Prix de Patinação Artística desembarcou no Canadá para a disputa da segunda competição da temporada. O Skate Canada International aconteceu em Regina, na província de Saskatchewan, entre 27 e 29 de outubro, e os atletas da casa garantiram a festa da torcida presente no local. 

O Canadá conquistou o título em três das quatro categorias disputadas. O único tropeço foi no individual masculino. O japonês Shoma Uno foi o campeão com 301.10 pontos, muito à frente dos rivais. O norte-americano Jason Brown, por exemplo, foi o segundo com 261.14 e o russo Alexander Samarin foi o terceiro com 250.06. O canadense Patrick Chan, tricampeão mundial entre 2011 e 2013 e vice-campeão olímpico em 2014, foi apenas o quarto colocado. 

Entre as mulheres, a jovem canadense Kaetlyn Osmond, atual vice-campeã mundial, conseguiu o título em casa ao obter 212.91 pontos em suas duas apresentações. A russa Maria Sotskova, que ainda busca uma vaga na equipe olímpica do seu país, foi a segunda colocada com 192.52. Já a norte-americana Ashley Wagner completou o pódio com 183.94. 

Nos pares, a dupla Meagan Duhamel e Eric Radford aproveitou o fator casa para conquistar a medalha de ouro com 222.22 pontos no total. Os alemães Aliona Savchenko e Bruno Massot, líderes do programa curto, terminaram com a prata após obterem 215.66 pontos. Já a dupla Vanessa James e Morgan Cipres conquistou o bronze com 214.37. 

Por fim, na Dança no Gelo, mais uma vitória para o Canadá. Tessa Virtue e Scott Moir foram os campeões com 199.86 e lideraram a dobradinha do país com Kaitlyn Weaver e Andrew Poje, vice-campeões com 190.01 - Madison Hubbell e Zachary Donohue, dos Estados Unidos, ficaram na terceira posição com 189.43. 

A terceira das seis etapas do Grand Prix de Patinação Artística no Gelo acontece no próximo fim de semana, entre 3 e 5 de novembro, em Pequim, na China. Os atletas participaram do Audi Cup de Pequim. Os seis melhores competidores de cada categoria na somatória das seis etapas garantem vaga à etapa final em Nagoya, no Japão, em dezembro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.