Dawid Kubacki conquista o título do Grand Prix de Esqui Saltos

Dawid Kubacki com o troféu de campeão do Grand Prix de esqui saltos (Divulgação/FIS)

O polonês Dawid Kubacki mostrou que, ao menos neste verão no hemisfério norte, ele está imbatível no esqui saltos. O atleta venceu a última etapa do Grand Prix da modalidade na montanha HS 140 em Klingenthal, na Alemanha, e conquistou o título da competição nesta temporada. Os últimos saltos aconteceram nessa terça-feira, 3 de outubro. 

Kubacki teve um desempenho perfeito neste ano: cinco vitórias nas cinco provas que participou, totalizando 500 pontos no ranking do Grand Prix. Dessa forma, nem mesmo a sua ausência entre as etapas 4 e 7 impediram a perda do título. O esloveno Anze Lanisek, que foi muito mal nas últimas duas provas, terminou na segunda posição, com 353. O japonês Junshiro Kobayashi, que também não conseguiu repetir seus bons resultados, foi o terceiro com 332. 

O título foi confirmado em grande estilo na última etapa. O atleta da Polônia liderou a classificatória e, com dois saltos excelentes, conseguiu 262.4 pontos. O alemão Andreas Wellinger, que terminou a última temporada em alta, foi o segundo colocado com 256. Já o norueguês Johann Andre Forfang completou o último pódio com 253.7. 

"É um grande sucesso para mim, mas agora o foco já está no inverno e eu espero poder melhorar algumas coisas antes da temporada começar", comentou Dawid Kubacki. 

A cautela se faz necessária. Poucos atletas conseguem repetir, na Copa do Mundo de Esqui Saltos, o sucesso obtido no Grand Prix durante a pré-temporada. O último a obter esse feito é o suíço Simon Ammann. Em 2009 ele conquistou o título do Grand Prix e foi o campeão da temporada 2009/2010 da Copa do Mundo. De quebra, ainda levou os dois ouros individuais nos Jogos Olímpicos de Vancouver no mesmo ano.

A Copa do Mundo de Esqui Saltos, que abre a temporada olímpica para a modalidade começará em Wisla, na Polônia, entre os dias 17 e 19 de novembro, apenas com a disputa masculina. As mulheres estreiam em Lillehammer, na Noruega, entre 30 de novembro e 3 de dezembro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.