COB e Peak Sport apresentam uniformes do Brasil em PyeongChang

Uniformes dos atletas brasileiros durante os Jogos de PyeongChang, em 2018 (Alexandre Castello Branco/COB)

Com a chinesa Peak Sport como nova patrocinadora e fornecedora de material esportivo, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) apresentou o uniforme que irá vestir os atletas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro de 2018. O anúncio foi feito na sede da entidade nessa terça-feira, 19 de setembro. 

A próxima edição dos Jogos Olímpicos de Inverno será o primeiro grande evento esportivo desta parceria - o contrato prevê a duração de dois ciclos olímpicos, até dezembro de 2024. A expectativa é produzir 150 mil peças até 2020, para os Jogos Olímpicos de Verão em Tóquio, no Japão. 

Os uniformes brasileiros em PyeongChang têm predominância das cores verde, amarela e azul, representando a expressão cultural do Brasil e a admiração pelo espírito competitivo do país nos esportes. Além disso, contam com a tecnologia PEAK-TEC-CONCEPT, exclusiva da Peak Sport e voltada para o desempenho esportivo, com funções como manter a roupa fresca e seca, isolamento térmico, proteção ao vento e à água, entre outras. 

Alexandre Castello Branco/COB
"Com a Peak, teremos a chance de desenvolver peças do uniforme mais específicas para os atletas do Time Brasil. Será uma produção personalizada, de acordo com as necessidades dos nossos atletas e de cada modalidade. Estive na China recentemente e pude ver de perto a forte capacidade científica de Pesquisa e Desenvolvimento e design da marca. Esta é uma das principais razões pela qual escolhemos a Peak Sport", comentou Agberto Guimarães, diretor-executivo de esportes do COB. 

A parceria com o COB é a porta de entrada da Peak Sport no mercado brasileiro. Criada em 1989, na China, a empresa é especializada na concepção, desenvolvimento e fabricação de vestuário, calçados e acessórios esportivos. Atualmente, a Peak Sport fornece material esportivo para outros 12 Comitês Olímpicos Nacionais e diversas federações de basquete. Entre seus principais garotos-propagada estão Tony Parker e Dwight Howard, estrelas da NBA. 

"Viemos para o Rio de Janeiro com as nossas delegações nos Jogos do Rio, em 2016, e gostamos do tempo que passamos aqui. O Time Brasil é uma boa equipe de performance. Como uma empresa de esportes, nós realmente gostamos de trabalhar com os atletas e o Brasil tem essa variedade. Não queremos somente exportar os nossos produtos; queremos que a Peak Sport cresça na América do Sul", afirmou Christin Wu, diretora-geral da Peak Sport. 

Agora, resta descobrir quantos atletas a delegação brasileira conseguirá classificar para os Jogos de PyeongChang, em 2018. Atualmente, o país já garantido duas cotas no esqui cross-country e uma no esqui alpino. Contudo, a meta é repetir o desempenho de Sochi, com 13 competidores. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.