Desfalcado, Grand Prix de Esqui Saltos tem vitória dupla de japonês

Junshiro Kobayashi voou e fez a festa da torcida japonesa (Divulgação/FIS)

Os líderes e principais nomes do esqui saltos não estiveram presentes em Hakuba, no Japão, para a antepenúltima etapa do Grand Prix desta temporada. Mesmo assim, os torcedores japoneses tiveram muito o que comemorar. O atleta da casa Junshiro Kobayashi venceu as duas provas realizadas entre 26 e 27 de agosto. 

Os saltos foram realizados em uma montanha HS 131. Na primeira disputa, Kobayashi surpreendeu e conquistou 272.4 pontos, terminando à frente do norueguês Kenneth Gangnes, prata, e do polonês Klemens Muranka, bronze. 

Depois, na segunda competição, ele voltou a realizar dois bons saltos e alcançou 244.8 pontos, terminando à frente do seu irmão caçula Ryoyu Kobayashi, segundo colocado, e do esloveno Anze Lanisek, terceiro. Antes dessas duas vitórias, Junshiro Kobayashi tinha apenas um triunfo internacional, também no Grand Prix, em setembro de 2015. 

"Estou satisfeito com meus saltos hoje e é fantástico ter meu irmão no pódio comigo. Antes da rodada decisiva, no dia anterior, nós conversávamos sobre estarmos juntos em um pódio, mas nunca dava certo. Nós estamos muito felizes agora", admitiu Junshiro Kobayashi.

Os dois triunfos também impulsionaram o ranking de Junshiro Kobayashi no Grand Prix de Esqui Saltos. Agora, ele possui 208 pontos e entra na briga pelo título da temporada. O polonês Dawid Kubacki, líder da competição, mas ausente nas provas do Japão, tem 300 pontos. Já Maciej Kot é o segundo com 210.

O Grand Prix de Esqui Saltos prossegue para Chaikovskyi, na República Tcheca, entre 8 e 10 de setembro, com a penúltima etapa masculina e a última feminina. A despedida da competição será em Hinzenbach, na Alemanha, entre 30 de setembro e 1º de outubro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.