Líderes dominam segunda etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski

Participantes da segunda etapa do Circuito de Rollerski (Divulgação/CBDN)

Atuais campeões do Circuito Brasileiro de Rollerski e líderes após vencerem a primeira etapa, Bruna Moura e Victor Santos seguem em ótima fase na competição. Os dois venceram suas provas na disputa da segunda etapa desta temporada, realizada entre os dias 12 e 13 de julho no Parque Ecoesportivo Damha, em São Carlos (SP). 

No total, mais de 40 atletas da equipe brasileira de esqui cross-country participaram da competição no interior paulista. A CBDN também contou com o apoio de participantes do primeiro Curso de Gestão de Eventos de Inverno, ministrado pela entidade na Ufscar (Universidade Federal de São Carlos). 

"Conseguimos realizar com sucesso diferentes formatos de largada que implicam na rápida mudança do layout do estádio, sendo uma experiência importante para o Comitê Organizador da prova, que contou com o reforço de cinco participantes do nosso primeiro curso de gestão de eventos", afirma Caio Freixeda, gestor da CBDN para o esqui cross-country e biatlo. 

No primeiro dia, Victor foi o mais rápido no sprint e derrotou Altair Firmino, Paulo Santos e Lucas Martins na bateria decisiva. Na sequência, o líder do ranking brasileiro de esqui cross-country também levou a melhor no skiatlo, modalidade que combina 5km em técnica livre com mais 5km em técnica clássica. 

Bruna Moura, por sua vez, seguiu o mesmo roteiro entre as mulheres. No sprint, realizado na quarta-feira, ela ficou com a medalha de ouro e, no dia seguinte, também venceu a prova do skiatlo. "Mesmo levando como 'provas-treino', principalmente por ter iniciado os treinos de intensidade há uma semana, eu tinha o objetivo de manter a liderança. Mas vencer nas duas provas foi bem mais difícil do que eu esperava", admitiu a líder da disputa feminina. 

Quem também se destacou na segunda etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski foi o jovem Rhaick Bomfim. Competindo na categoria sub-18, ele também conquistou duas medalhas de ouro nas corridas de sprint e skiatlo. Ainda na prova de velocidade, Eduarda Ribera venceu o sub-18 feminino e Rafael Meira foi o melhor no sub-14. No segundo dia, os atletas mais novos encararam um revezamento misto com três representantes e o time formado por Samuel Meira, Taynara Silva e Rodnei Souza saiu vitorioso. 

Por fim, na categoria paralímpica, Aline Rocha e Fernando Aranha garantiram as duas medalhas de ouro no sprint da categoria sitting. Depois, na quinta-feira, os atletas encararam uma prova de 8km com largada intervalada e, pela primeira vez, com o fator de correção utilizado pelo IPC (Comitê Paralímpico Internacional). Fernando Aranha venceu mais uma vez, mas o destaque positivo foi para a prata de Cristian Ribera, evoluindo todos os meses. 

Agora, o Circuito Brasileiro de Rollerski retorna apenas em outubro, novamente no Parque Ecoesportivo Damha, em São Carlos, para a terceira etapa, válida para o ranking internacional de esqui cross-country da FIS. Antes, porém, os principais atletas do país viajam para Ushuaia e Cavihaue, na Argentina, e Termas de Chillan, no Chile, onde treinarão e competirão pelo Campeonato Brasileiro adulto e júnior de esqui cross-country. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.