Com dois times, seleção brasileira de hóquei no gelo sonha alto no Pan

Seleção brasileira participa do Pan com dois times (Reprodução/Facebook)

Após conquistar um bronze histórico em 2015 e ficar na quarta colocação em 2016, o Brasil está disposto a dar mais um passo em sua evolução no Pan-americano da modalidade. Com uma convocação recorde para formar dois times, o país estreia na competição nesta segunda-feira, 5 de junho. As partidas novamente acontecem no rink Icedome, na Cidade do México. 

Pela primeira vez, a seleção brasileira de hóquei no gelo conseguiu reunir dois times no torneio masculino. No total, 40 atletas foram convocados pela comissão técnica comandada pelo norte-americano Jens Hinderlie e pelo dirigente Alexandre Capelle e divididos em equipes A e B. Dessa forma, o Brasil iguala-se ao México, Colômbia e Argentina, que também inscreveram dois conjuntos na competição.

Com um grupo grande de jogadores, que driblaram a crise econômica do país e conseguiram encarar esse projeto, a comissão técnica está confiante de que o Brasil pode surpreender novamente no Pan-americano de Hóquei no Gelo. Afinal, da mesma forma que em 2015, os melhores atletas do país estarão no torneio. 

"Nesse ano fizemos vários recrutamentos e convencemos alguns dos melhores jogadores a ir ao México. Estou muito confiante na lista de atletas que estamos trazendo. O desafio agora é quão rápido podemos nos tornar uma equipe - é o nosso próximo obstáculo. Tivemos apenas alguns dias para nos prepararmos. Estou muito animado. Acho que temos uma grande chance de competir pelo ouro", afirmou Jens Hinderlie. 

A tática é a mesma dos anos anteriores: fazer os jogadores se adaptarem rapidamente ao gelo com workshops, clínicas de treinamentos e amistosos. Na noite da última sexta-feira, 2 de junho, por exemplo, o Brasil enfrentou - e venceu - o time SamurIce, do México, por 5 a 4. Antes do início da competição, na segunda-feira, os brasileiros realizarão mais um amistoso neste domingo. 

“Nosso foco será no jogo em equipe. Hóquei é um grande esporte coletivo e temos que ter todos na mesma página. Confiança, responsabilidade, sacrifício e ética de trabalho: todos esses componentes são cruciais para times bem sucedidos”, prossegue o treinador brasileiro.

Nesse ano, a disputa masculina do Pan-americano de Hóquei no Gelo terá nove equipes - além dos quatro países já citados, o Chile faz sua estreia no torneio. Assim, a primeira fase terá três grupos. O campeão de cada chave e o melhor segundo colocado avançam para a etapa decisiva. Nela, os quatro times se enfrentam novamente em turno único e os dois melhores avançam à decisão. 

O Pan-americano de Hóquei no Gelo acontece ao longo da semana, com a final programada para o domingo, dia 11. A competição também abriga a disputa feminina e, também de forma inédita, uma equipe 100% brasileira representará o país. Essa história você confere neste domingo, 4 de junho, no Brasil Zero Grau. 

Confira os grupos e a tabela do Brasil no Pan-americano de Hóquei no Gelo (horário de Brasília): 
Grupo A: Argentina B, Brasil B e Colômbia A
Grupo B: Argentina A, Chile e México A
Grupo C: Brasil A, Colômbia B e México 

5 de junho – 14h30 – Colômbia A x Brasil B
6 de junho – 12h30 – Argentina B x Brasil B
6 de junho – 23h30 – México B x Brasil A
7 de junho – 13h00 – Brasil A x Colômbia B
8 de junho – 11h45 – Início da segunda fase
11 de junho – 21h30 – Final

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.